> + Unidos raquo; Feed de comentários" href="http://maisunidos.org/comments/feed" /> d' content='f7c6d1f345a6f8bf2fa42f1d9c28d894' />

Relatório +Unidos de Investimento Social

Na última quarta-feira, 13 de novembro, o Grupo +Unidos apresentou seu Relatório de Investimento Social, que pode ser encontrado nos seguintes links:

Relatorio Grupo +Unidos de Investimento Social

O relatório reúne informações sobre o Mais Unidos, composto por aproximadamente cem empresas, que realizam esforços conjuntos de responsabilidade social, aplicando anualmente recursos em iniciativas de desenvolvimento econômico, social e ambiental. O Grupo implementa projetos, compartilha boas práticas e estabelece parcerias desde 2006. Esse trabalho se diferencia pelo propósito de aprimorar o que essas investidoras sociais já promovem individualmente pelo bem comum.

A proposta do presente documento é traçar um breve perfil das realizações do Mais Unidos, sem deixar de lado as características principais do investimento de cada integrante. Por isso, as páginas a seguir apresentam os projetos desenvolvidos em 2012 no Brasil pelo Grupo e as principais iniciativas sociais e ambientais executadas no mesmo período por 37 companhias que o compõem e que participaram deste relatório.

Executivos fazem encontro para discutir investimentos sociais no país

Foto: divulgação

No dia 25 de junho, quinta-feira, aconteceu em São Paulo, no EAT Trattoria Vila Olímpia, o encontro que reuniu representantes do Grupo Mais Unidos com executivos de organizações convidadas e mais de 50 executivos de empresas norte-americanas para tratar dos investimentos sociais no Brasil. O objetivo principal do evento era apresentar os resultados, impactos e formas de adesão de maneira que o grupo possa crescer ainda mais. O CEO da GE no Brasil e Co-Presidente do Conselho Diretivo do Grupo Mais Unidos, Gilberto Peralta deu às boas-vindas a todos e apresentou o Grupo, sua missão, objetivos, parceiras estratégicas e resultados alcançados.

A palestrante do encontro foi Kelly Maurice, diretora do Worldfund, ONG focada na melhoria do ensino de STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática) na América Latina. Ela apresentou um panorama de STEM e os desafios de educação nessa área no Brasil. Em seguida, houve espaço para confraternização e networking.

Foram apresentados resultados da parceria entre o Grupo Mais Unidos e o Ministério da Educação (MEC). Profa. Denise Abreu e Lima, Presidente do Núcleo Gestor do Programa Idioma Sem Fronteiras do MEC informou que o primeiro laboratório de línguas USAID/Mais Unidos instalado na Universidade Federal de São Carlos completou um ano e já beneficiou aproximadamente 6000 estudantes. A professora agradeceu em nome do MEC pela parceria com a USAID e o Grupo Mais Unidos.  Em Maio 3 outros laboratórios foram instalados – na Universidade Federal de Pelotas, na Universidade Federal de Pernambuco e na Universidade de Brasília. Os laboratórios de línguas têm como foco capacitar os alunos das universidades a terem fluência no inglês. Para isso, as universidades selecionadas arcam com a estrutura física, o MEC investe na capacitação dos coordenadores e professores especializados. A USAID e o Grupo Mais Unidos contribuem com a aquisição de equipamentos utilizados para o aperfeiçoamento dos alunos e na preparação deles para os testes de proficiência (TOEFL ITP).

Expansão

 Perto de completar uma década, o Grupo Mais Unidos está em expansão. Hoje, as empresas que contribuem para o fundo de investimento do Grupo são: Alcoa, AMD, Burson-Marsteller, Caterpillar, Citi, Coca-Cola, Cummins, Dow, ExxonMobil, GE, IBM, Instituto 3M, Intel, KMPG, Microsoft, Monsanto, Motorola Solutions, PayPal e Qualcomm. No encontro em São Paulo, estiveram presentes também os executivos de: AES Brasil, Bridgestone, Cargill, Cisa Trading, Honeywell, Kimberly-Clark, Kodak, Merrill Lynch (Bank of America), Mondeléz, Nielsen, PwC, Renaissance Hotels-Marriott e Walmart.

Segundo o diretor da USAID Brasil (sigla em inglês para Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional), Richard Goughnour, as ações do Mais Unidos são exemplos de sucesso. “Trabalho há muitos anos nessa área e nunca vi algo assim. O que o Grupo faz precisa ser exportado para outros países”. O cônsul-geral dos Estados Unidos no Brasil, Dennis Hankins, também reforça a importância das ações desenvolvidas. “Trabalhar e colaborar com as comunidades é uma função importante das empresas do Mais Unidos, principalmente pelo impacto causado no desenvolvimento do Brasil.”

Grupo de empresas norte-americanas financiará mais quatro laboratórios de línguas em universidades federais brasileiras

Fernando Siqueira 3029

São Paulo, 30 de outubro de 2014 – Com o sucesso da implantação do primeiro laboratório de línguas na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – que beneficiou mais de 2.800 alunos desde março desse ano –, o Grupo Mais Unidos anunciou que equipará mais quatro universidades federais (Brasília, Pará, Pelotas e Pernambuco), em 2015. Trata-se de uma parceria do Grupo – formado por empresas norte-americanas atuantes no Brasil – com o Ministério da Educação, no âmbito do Programa Inglês Sem Fronteiras. A universidade participa com a estrutura física e a equipe de professores especializados. O Mais Unidos subsidia os equipamentos utilizados no aperfeiçoamento dos alunos e na preparação deles para os testes de proficiência.

Continue lendo Grupo de empresas norte-americanas financiará mais quatro laboratórios de línguas em universidades federais brasileiras