Voluntários estrangeiros da IBM atuam em secretarias do Rio de Janeiro

Empresa traz executivos ao Brasil para interagir com lideranças públicas locais a fim de colaborar para o desenvolvimento de uma cidade mais inteligente.
São Paulo, 31 de agosto de 2010 – Pela primeira vez a IBM traz ao Brasil executivos da companhia, de diversas localidades do mundo, para realizarem trabalho voluntário em secretarias públicas do município do Rio de Janeiro. O projeto, denominado Corporate Service Corps Executive (CSCExecutive), consiste em envolver executivos da companhia para compartilharem, por meio de trabalho voluntário, seus conhecimentos e modelos de gestão com as organizações públicas responsáveis pelo planejamento e gerenciamento da vida nas cidades.
Nesta primeira edição do programa executivo no Brasil, o Rio de Janeiro foi escolhido para receber os voluntários, já que a cidade será a sede dos principais eventos esportivos globais, como a Copa do Mundo (2014) e a Olimpíada (2016). Os profissionais iniciaram o trabalho no dia 16 de agosto e, por cerca de um mês, auxiliarão as lideranças locais a construírem uma cidade mais inteligente e sustentável. O objetivo do programa é ajudar a preparar as cidades em desenvolvimento a enfrentarem os desafios relacionados ao crescimento, como as exigências por transporte, energia, mobilidade urbana, educação, saúde, água, segurança pública, governança e meio ambiente.

A equipe executiva da IBM ajudará na criação de roteiros para o crescimento sustentável e equilibrado das cidades junto à Secretaria do Desenvolvimento, Instituto Rio 2016, Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro (Rio Negócios) e a Secretaria de Conservação. O primeiro grupo contará com cinco funcionários da IBM vindos da Austrália, Índia e Estados Unidos, todos com cargos de direção ou equivalente. Com base em seus conhecimentos de negócios e tecnologia, eles irão compartilhar experiência sobre como o sistema público pode tornar-se mais eficiente e produtivo. Durante o projeto serão discutidos, por exemplo, casos de outras cidades ao redor do mundo que conseguiram aprimorar seus processos em prol da população.
Corporate Service Corps (CSC)

O CSCExecutive faz parte do programa Corporate Service Corps (CSC), que pode ser traduzido como ‘Tropa Corporativa para Ações Sociais’. O CSC consiste em formar equipes de colaboradores voluntários para contribuir com o crescimento econômico e tecnologia da informação em ONGs e instituições governamentais de países em desenvolvimento, como China, Egito, Gana, Índia, Malásia, Nigéria, Filipinas, Romênia, África do Sul, Tanzânia, Turquia e Vietnã. Implementado pela IBM em 2008, o Brasil também passou a fazer parte dos países a receber voluntários. 89 estrangeiros de 25 países já atuaram em 33 organizações brasileiras de São Paulo, Campinas e Belo Horizonte; além de 57 IBMistas brasileiros que trabalharam com ONGs de 13 países diferentes.
Além da turma de voluntários executivos do CSCExecutive, a cidade do Rio de Janeiro também receberá, durante os meses de agosto e setembro, duas turmas de funcionários da IBM, de diversos países, para atuar em organizações do terceiro setor que atuam na cidade. “Antes de partirem para o país em que será realizado o trabalho, os participantes passam por um período de três meses de preparação. Nesta fase, aprendem sobre os costumes e cultura locais e a realidade política e socioeconômica da região. Depois, realizam cerca de um mês de trabalho nas instituições selecionadas. Após a conclusão deste período, os funcionários ainda compartilham suas experiências em seus locais de origem e com a companhia como um todo.” afirma Ruth Harada, diretora de Cidadania Corporativa da IBM Brasil. A IBM tem como meta expandir o número de funcionários participantes do programa de 600 para 1500 até o final de 2010.

 

IBM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *