Lama toma conta das ruas em São José do Vale do Rio Preto

+Unidos ajuda vítimas das enchentes

A missão dos EUA no Brasil e Grupo +Unidos uniram forças e recursos em resposta à emergência causada pelas enchentes no estado do Rio de Janeiro.

O governo dos Estados Unidos se mobilizaram para contribuir com a assistência às vítimas das enchentes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Somente na região serrana do Rio de Janeiro já foram registradas mais de 800 mortes em decorrência das chuvas, e cerca de 20 mil pessoas estão desabrigadas.

A Agência dos EUA para Desenvolvimento Internacional (USAID), por meio do seu Escritório de Assistência a Desastres Internacionais (OFDA), repassou US$ 100 mil à Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), para aquisição de produtos de higiene pessoal e limpeza e roupas, já que o governo brasileiro e os governos estaduais já estão organizando o envio de alimentos e água.

Sob coordenação da USAID, as empresas do Grupo +Unidos se mobilizaram para enviar ajuda. Até o momento, 40 empresas estão implementando diversas iniciativas de assistência às vítimas. O Grupo +Unidos, apoiado pela Missão Diplomática dos EUA no Brasil, reúne mais de 100 empresas americanas que atuam no Brasil em torno de ações de responsabilidade social corporativa.

Veja abaixo como essas empresas estão ajudando e como você também pode ajudar.

3M – Doou diferentes tipos de produtos 3M como: vassouras, rodos, escovões de limpeza, fitas adesivas, e 1.000 máscaras faciais para a Cruz Vermelha no Rio de Janeiro. Também doou fitas adesivas 3M para a Cruz Vermelha de São Paulo. Além disso, organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros. Para cada um real arrecadado, a empresa fará uma doação de dois reais.

Abbott – Está verificando a possibilidade de doar medicamentos e supplementos nutricionais Abbott para o Rio de Janeiro. Também organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias para o Rio de Janeiro.

Accenture – doará roupas, comida e produtos de higiene para São Paulo.

BDO – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias para as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo pelo Banco do Brasil. Em contrapartida, a empresa fará uma doação de 30% do valor arrecadado na campanha.

Burger King – estabeleceu pontos de arrecadação de doações em 40 de suas lojas, e fará a entrega no Rio de Janeiro.

Cargill – organizou campanha para encorajar doações voluntárias de seus funcionários, clientes e parceiros de negócios de recursos financeiros e não financeiros que serão repassados à Cruz Vermelha e destinados a Teresópolis. Foram arrecadados mais de 16 toneladas de alimento, produtos de higiene e outros items.

Caterpillar – Por meio da Caterpillar Foundation, doou US$100,000 para o Rio de Janeiro. Também doou 60 geladeiras e 35 fogões para as famílias que perderam todos os seus pertences com a cheia do rio Piracicaba, em São Paulo. Além disso, estão participando da campanha SOS Enchente, da Defesa Civil, encorajando os funcionários a doar roupas, materiais de limpeza e alimentos para a cidade de São Paulo. As doações excedentes serão repassadas para o Rio de Janeiro.

Citi – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros. Em contrapartida, a empresa fará a uma doação do mesmo valor arredacado na campanha. A doação de R$60.000 será repassada para a Cruz Vermelha e destinados ao Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Chevron – doou R$51.000 e 35 caixas com: alimentos, água, material de higiene pessoal e de limpeza, roupas e leite. Também doou 75 cestas básicas e 3 caixas de alimentos não perecíveis. As doações entregues à Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Cummins – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações de recursos financeiros e não financeiros para a Cruz Vermelha em São Paulo, a ONG Care Brasil e a ONG Visão Mundial. Fará uma doação de US$ 50 mil para ajudar a reconstrução da cidade do Rio de Janeiro. Possivelmente fará a doação de uma cesta “SOS Enchente”.

Dell – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros e não-financeiros, que serão repassados à Defesa Civil e Cruz Vermelha de cada localidade onde a empresa tem escritórios: Porto Alegre, Eldorado do Sul, São Paulo e Campinas.

Deloitte – doou recursos financeiros e organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros para o Fundo Estadual da Assistência Social do Rio de Janeiro. Instalou no escritório do Rio de Janeiro, um posto de arrecadação de água mineral, leite em pó, alimentos não perecíveis, fraldas descartáveis, cobertores, roupas, material de higiene pessoal e água sanitária. Também está encorajando as pessoas a doarem sangue no HemoRio.

Dow – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias para o Rio de Janeiro. O total arrecadado inclui R$14.000, repassados à Care Brasil, 14 caixas de material de higiene e limpeza, e 500kg de donativos. Além disso, doou, por meio da Fundação Dow, R$136.000 à Caritas para recuperação da economia do Rio de Janeiro.

DuPont – Doou 60kg de panos de limpeza Sontara, fabricados pela DuPont. Organizou campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de alimentos e produtos de higiene e limpeza. Foram arrecadados 290kg de alimentos e produtos de limpeza e higiene. As doações foram entregues à Cruz Vermelha para o Rio de Janeiro.

ExxonMobil – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários dos escritórios do Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba a fazer doações voluntárias de alimentos e produtos de higinene para a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro. Até o momento, foram arrecadados items de valor total equivalente a R$18.000. A empresa também US$25.000 (vinte e cinco mil dólares) para a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro.

FedEx – organizou campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de água, alimentos não perecíveis, colchões, cobertores, e produtos de limpeza e higiene. Além disso, fará o transporte das doações arrecadadas em um dos 6 pontos de coleta estabelecidos em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Como resultado da campanha, foram transportadas 40 toneladas de items. A empresa também está transportando as doações coletadas por outras empresas do +Unidos.

Ford – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários e parceiros a fazer doações voluntárias. Foram arrecadadas 34.5 toneladas de roupas, calçados, alimentos, e produtos de higiene e limpeza. As doações foram entregues à Defesa Civil de São Paulo e Rio de Janeiro, por meio da parceria com a FedEx.

GE – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros, água mineral, e produtos de higiene e limpeza para o Rio de Janeiro, por meio da Cruz Vermelha. Em contrapartida, para cada 1 dólar arrecadado na campanha, a fundação da empresa fará uma doação com o mesmo valor. Para cada item arrecadado, a empresa doará outro semelhante.

GM – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários fazer doações voluntárias de produtos de limpeza, higiene pessoal e água. Mais de 16 toneladas foram arrecadadas e entregues à ONG Cruz Vermelha no Rio de Janeiro e à Defesa Civil de Mauá, SP.

Goodyear – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias. Diversos itens, como alimentos e roupas, foram arrecadados e repassados para o Rio de Janeiro por meio da parceria realizada com a FedEx.

HP – Por meio da HP Foundation, doará US$100,000 para a ONG Save the Children para o Rio de Janeiro. Também organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros e itens de higiene pessoal, leite em pó, água mineral, fraldas descartáveis, velas e alimentos. Os recursos financeiros estão sendo doados para a prefeitura de Teresópolis e para a ONG Aldeias Infantis.

Intel – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros e não-financeiros. Em contrapartida, a Fundação Intel fará uma doação do mesmo valor arrecadado na campanha.

Kraft Foods – Doou produtos Kraft (alimentos não-perecíveis) para o Rio de Janeiro e Piracicaba, SP. Por meio da Kraft Foundation, doou US$75,000 para a ONG Care Brasil para o Rio de Janeiro. A empresa também comprou 50 fogões para as vítimas das enchentes na cidade de Piracicaba, SP. Além disso, organizou campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de alimentos, roupas, calçados, e recursos financeiros para a Care Brasil.

KPMG – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias. Diversos itens, como alimentos, produtos de higiene, roupas e recursos financeiros foram arrecadados e repassados à Cruz Vermelha em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Levi Strauss (Not a +Unidos company) – por meio da Fundação Levi Strauss, doou US$30.000 (trinta mil dólares) para a ONG Care Brasil em benefício do Rio de Janeiro.

Microsoft – organizou uma campanha tanto no Brasil como para brasileiros que estão nos EUA, para apoiar um projeto da ONG Visão Mundial, para a criação de um “Espaço Amigável para Crianças” nas regiões atingidas. A ideia é ter um local de transição para que a criança tenha uma rotina mínima, com atividades socioeducativas que possam minimizar os traumas causados pelo desastre. Também organizou uma campanha interna encorajando os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros. Até o momento, foram arrecadados R$12.709.

Monsanto – Por meio do Monsanto Fund, doou R$20.000 para a ONG Viva Rio. Também doou R$20.000 para a ONG CETEAD. O programa de matching funds, onde a empresa doa R$1,5 para cada 1 Real doado por funcionários, arrecadou R$25.000. Além disso, a empresa doará 22 toneladas de cestas básicas, leite, roupas, calçados, fraldas descartáveis e material de limpeza, que serão transportados para o Rio de Janeiro pela FedEx. O escritório de São José dos Campos arrecadou 570 kilos, que serão doados às comunidades vizinhas.

Motorola – doará US$25.000 para a ONG Care. Organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros. A empresa fará doações dos mesmos valores doados pelos funcionários, até o limite de US$10.000. Também fará doações de rádio de comunicação Motorola para a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro.

MSD – doou 150 mil litros de água mineral e 20.850 unidades de alimentos de pronto consumo para o Rio de Janeiro, por meio da Cruz Vermelha. Também fez uma doação de US$25.000 (vinte e cinco mil dólares) para a ONG Visão Mundial, para ações com foco em crianças (proteção, cuidado e reconstrução). Além disso, organizou uma campanha interna para encorajar os seus 2.000 funcionários a fazer doações voluntárias para a prefeitura de Sousas, SP, onde a empresa tem uma fábrica. Até o momento, mais de 3.000 items foram arrecadados.

Nike – lançou uma campanha em parceria com a ONG Care e fará um match de 100% das doações financeiras feitas por funcionários, no mundo todo. Também organizou uma campanha interna para arrecadação de doações, que serão repassadas para a Cruz Vermelha.

Nielsen – doou R$20.000 para a ONG Cruz Vermelha do Rio de Janeiro. Organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de produtos de higiene e limpeza, que serão transportados para o Rio de Janeiro pela FedEx.

Pfizer – doou recursos financeiros para a ONG Care Brasil, para o Rio de Janeiro, e organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros, alimentos, e items de higiene e limpeza para a Care Brasil e a Cruz Vermelha em São Paulo.

P&G – Organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias. Também doou produtos P&G como: 2.335 caixas de pilhas, 2.291 caixas de barbeadores, 2.454 caixas de shampoo e condicionador, 3.300 caixas de sabão em pó, 1.543 caixas de desodorante, 2.000 caixas de pasta de dente, 1.824 caixas de espuma de barbear, 5.735 caixas de pasta de dente, 4.145 caixas de absorvente, e 925 caixas de fralda descartável.

PwC – Organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros, que serão usados para compra de doações. A empresa fará uma doação do mesmo valor arrecadado na campanha. O escritório do Rio de Janeiro organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de alimentos, roupas, produtos de higiene e sangue.

Rigesa – organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações de recursos financeiros e não-financeiros. O dinheiro arrecadado está sendo repassado para a prefeitura de Teresópolis, e os materiais à Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro. Diversos items foram arrecadados.

Visa – Doou US$50.000 (cinquenta mil dólares) para a Cruz Vermelha Brasileira para o resgate de vítimas, apoio às famílias e recontrução dos Estados afetados. Também organizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias de recursos financeiros e não-financeiros. Em contrapartida, a empresa fará uma doação do mesmo valor arrecadado na campanha. As doações serão repassadas para a Cruz Vermelha. A empresa também organizou uma campanha interna para arrecadação de roupas para vítimas da cidade de Carvalhos, em Minas Gerais. Até o momento, foram arrecadadas mais de 130 peças de roupa; 24 pares de sapato, toalhas, lençóis e um cobertor.

Walmart – Doou 26 toneladas de alimentos, material de limpeza e higiene para o Rio de Janeiro. Como parte do seu programa de matching funds, doou R$25.000,00 (dobrando o valor de R$ 25.000,00 doados por seus funcionários) para atender a 10 de seus funcionários que tiveram suas residencias comprometidas pelas chuvas. Disponibilizou pontos de recebimento de doações nas lojas de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Até o momento, 80 toneladas foram dodas nas lojas. Irá monitorar e coordenar doações financeiras das empresas do +Unidos para a ONG Care Brasil, que irá trabalhar principalmente com mulheres, grávidas e crianças.

Whirpool – doou 50 toneladas de água, alimentos e materiais de higiene e limpeza para a Central Solidária de Joinville. Também realizou uma campanha interna para encorajar os funcionários a fazer doações voluntárias. As arrecadações dos escritórios de Manaus e Joinville foram enviadas para as vítimas do RJ, e as de Rio Claro e de São Paulo foram destinadas para as vítimas do estado de SP. Neste momento, a Unidade de Joinville mantém as arrecadações para auxílio às vítimas da região de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *