IBM: Profissionais globais por Ricardo Pelegrini

Executivos de empresas globalmente integradas estão habituados à ideia de, um dia, poderem ser transferidos para outro país. O objetivo das designações internacionais é promover um intercâmbio de conhecimentos e experiências dentro das empresas. Ao transferirem um profissional, as grandes companhias estimulam trocas culturais e permitem que informações sobre o modelo e o estilo de negócios de um determinado país circulem dentro da empresa.

Durante minha carreira, tive a oportunidade de trabalhar e estudar fora do Brasil, nos Estados Unidos e na Itália, e pude perceber que, mesmo nas multinacionais que têm processos padronizados e modelos de conduta preestabelecidos, as diferenças culturais estão presentes. Cada país e, consequentemente, cada filial, possui características e hábitos bem específicos. Saber respeitá-los e, mais do que isso, valorizá-los é uma atitude necessária e muito inteligente do ponto de vista de negócios.

leia mais

IBM Brasil e Instituto Criar anunciam parceria na área de educação

Alunos da Oficina de Animação do Instituto Criar serão beneficiados com o software ‘MUAN’, utilizado para o desenvolvimento de animações digitais.

leia mais

IBM convida para o Service Jam

O Service Jam da IBM reunirá organizações sem fins lucrativos, corporações, instituições acadêmicas e agências governamentais em um bate-papo digital sobre como a inovação social pode solucionar nossos maiores desafios mundiais.

leia mais

Voluntários estrangeiros da IBM atuam em secretarias do Rio de Janeiro

Empresa traz executivos ao Brasil para interagir com lideranças públicas locais a fim de colaborar para o desenvolvimento de uma cidade mais inteligente.

leia mais

Grupo +Unidos é destaque no Valor Econômico

Com a participação de mais de cem empresas, a ideia do Grupo +Unidos é ampliar os investimentos sociais dos EUA no Brasil.

leia mais