Tag Archives: Responsabilidade Social

Eli Lilly

Atendendo à solicitação dos próprios funcionários a Lilly Brasil criou, no final de 2001, um setor específico para desenvolver e aplicar programas e ações voltadas à área de Responsabilidade Social. E, em dezembro daquele ano, foi lançado o programa “Lilly em Ação” que tem como foco as comunidades carentes e está apoiado em dois grandes pilares: estimular o trabalho voluntário de seus funcionários, colaboradores, aposentados e familiares e implementar ações na área de educação e saúde. A principal característica do programa são as ações de transformação, tanto do voluntário quanto da comunidade atendida, sem se apoiar no assistencialismo. Os recursos financeiros para o programa são oriundos de doações de seus funcionários e aposentados, com dobra da Lilly Brasil, ou seja, para cada real que o funcionário doa a empresa deposita para o programa o mesmo valor.

http://www.lilly.com.br

McDonald’s

O McDonald’s Brasil tem 34 mil funcionários e é um dos maiores empregadores do setor privado do País. Em 2006 registrou o crescimento recorde de vendas de 14,5%. Líder no setor de refeições rápidas, atua há 28 anos no mercado brasileiro, e arrecada por ano cerca de R$ 250 milhões em impostos.

A empresa está entre os oito maiores mercados da McDonald’s Corporation, presente em 118 países. A rede McDonald’s possui 31,8 mil restaurantes em todo o mundo, nos quais trabalham 1,6 milhão de funcionários que alimentam diariamente mais de 48 milhões de clientes.

Presença no Brasil

O McDonald’s atua em 134 cidades brasileiras, distribuídas em 21 Estados, mais o Distrito Federal. São 1.144 pontos-de-venda: 541 restaurantes, 556 quiosques e 47 unidades de McCafé, que atendem 1,6 milhão de clientes diariamente. Do total de restaurantes, 120 operam em sistema de franquia, comandados por 65 empresários. O faturamento médio anual essas unidades, que empregam 60 funcionários por estabelecimento, é de R$ 2,5 milhões.

Faturamento e investimentos

O faturamento do McDonald’s totalizou R$ 2,4 bilhões em 2006, 14,5% superior ao faturamento do ano anterior. Com esse resultado, a empresa registrou o terceiro ano consecutivo de crescimento nas vendas de dois dígitos. Anualmente o McDonald’s Brasil investe, em média, R$ 200 milhões no negócio, além de outros R$ 20 milhões em treinamento de funcionários.

Fornecedores

O McDonald’s tem mais de 210 fornecedores, distribuídos por todas as regiões do País.

Respeito ao consumidor

O McDonald’s é a única companhia do setor a divulgar informações nutricionais, no verso das lâminas de bandeja, e em quadros afixados na parede de seus estabelecimentos. A inserção de saladas, água de coco e maçã, entre outros itens do cardápio, e a redução da gordura trans e do sódio dos alimentos, comprovam a preocupação da empresa com a saúde dos clientes.

Cadeia produtiva

As atividades do McDonald’s têm impactos em diversas áreas da economia brasileira e movimentam toda uma cadeia de produção. O McDonald’s acompanha cada passo dessa cadeia produtiva, mantendo rigorosos procedimentos de segurança alimentar desde as etapas de produção, estocagem, transporte e manuseio das matérias-primas até a entrega do produto final ao cliente.

Funcionários

Cerca 70% dos 34 mil empregados são jovens entre 16 e 21 anos, iniciantes no mercado de trabalho com carteira assinada. A rede foi a primeira empresa do País a conquistar o Selo Primeiro Emprego do Governo Federal, em 2004, em reconhecimento por oferecer postos de trabalho para jovens sem experiência profissional.

Reconhecimentos

Nos últimos anos, o McDonald’s tem sido apontado pelas publicações especializadas como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil e na América Latina. É reconhecido também por seu respeito ao consumidor.

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social é um dos Valores McDonald’s, baseado nos princípios de seu fundador, Ray Kroc: “A empresa deve retribuir às comunidades onde opera”. Nesse sentido, o McDonald’s Brasil desenvolve uma série de atividades nas áreas de saúde, educação e esporte para a comunidade. Os principais projetos são:

www.mcdonalds.com.br

IBM

Na IBM, a responsabilidade social é tratada como Cidadania Corporativa, ou seja, a empresa conduz os seus processos de negócios de forma a produzir um impacto positivo na sociedade. A Cidadania Corporativa é para a IBM um imperativo de negócios e faz parte de suas estratégias e operações. Para isso, alinha os negócios, valores sociais e interesse dos investidores com impactos ambientais, sociais e econômicos.

A IBM tem a Cidadania Corporativa integrada aos negócios, passando por transparência e ética na forma de conduzi-los, práticas de Responsabilidade Social, departamentos que tratam de segurança e meio ambiente, investimentos maciços em pesquisas para desenvolver produtos e processos para melhorar o meio ambiente, práticas de recursos humanos considerando as necessidades e individualidades dos empregados, políticas de diversidade, processos de Compras com fornecedores de minorias, relações com Governo discutindo melhorias na sociedade, e relações com Instituições de ensino ajudando a desenvolver as atuais e as futuras gerações.

Os valores básicos da IBM – dedicação ao sucesso de cada cliente; inovação que faz a diferença para a empresa e para o mundo; confiança e responsabilidade pessoal em todos os relacionamentos – demonstram o comprometimento da empresa com a comunidade. A inclusão social, através da inclusão digital, é um dos principais focos das ações sociais da empresa. Em um mundo onde a tecnologia permite a participação de todos os cidadãos, a IBM tem como missão viabilizar a inclusão social do maior número de cidadãos possível.

A empresa também dedica recursos e esforços ao fortalecimento de minorias, promovendo a diversidade e desenvolvendo ferramentas específicas que facilitam a sua inclusão nos setores produtivos da sociedade. Os projetos sociais implantados pela IBM Brasil seguem a orientação da IBM mundial, que desenvolve projetos globais, porém programas locais são criados para atender às necessidades sociais do país. Os projetos utilizam a tecnologia IBM para a promoção da inclusão social e da cidadania nas áreas de Educação e Cultura, Saúde, Voluntariado e Diversidade.

Cientes de que não basta apenas doar equipamentos ou dinheiro, os projetos da empresa dão condições às instituições para que se tornem independentes e auto-sustentáveis. Para a realização dos programas, a IBM busca parcerias com instituições idôneas e reconhecidas publicamente, e avalia vários aspectos do projeto – como a estruturação, o desempenho, os recursos investidos, a auto-sustentabilidade e os resultados esperados com seus indicadores – antes de sua aprovação final. Os projetos de responsabilidade social, desenvolvidos e apoiados pela IBM, são executados pelo Departamento de Relações Comunitárias / Responsabilidade Social e aprovados por um Comitê de Responsabilidade Social, liderado pelo próprio presidente da empresa, Rogerio Oliveira, e composto pelos principais diretores de diversos setores.

O desafio da IBM é gerar oportunidades reais para gerar a inclusão das minorias, colocando micro e pequenas empresas como fatores de riqueza, com conseqüências positivas para todos: o mercado, a empresa e a sociedade.

www.ibm.com.br

Dow

As ações de Responsabilidade Social da Dow concentram-se, principalmente, em projetos que estejam alinhados a três princípios básicos: Educação, Sucesso da Comunidade e Sustentabilidade. Trata-se de estratégia global, alinhada aos objetivos de sustentabilidade para o ano de 2015, chamadas internamente de attainability goals, que pessupõem atingimento e manutenção dos resultados alcançados.

www.dow.com.br