CUMMINS SE POSICIONA RUMO AO CRESCIMENTO E LIDERANÇA EM TECNOLOGIAS NOVAS E EMERGENTES

CUMMINS SE POSICIONA RUMO AO CRESCIMENTO E LIDERANÇA EM TECNOLOGIAS NOVAS E EMERGENTES

Cummins se posiciona rumo ao crescimento e liderança em tecnologias novas e emergentes

A Cummins dá continuidade aos seus principais segmentos de negócios, como motor, sistemas de energia, componentes e distribuição.

Diversificar-se como uma companhia de tecnologia de energia para fomentar o crescimento. Assim, a Cummins Inc. tem focado os seus esforços; na semana passada, os principais executivos globais da empresam incluindo Tom Linebarger, presidente e CEO da Cummins, reuniram-se durante uma teleconferência, de Columbus, nos EUA, para compartilhar como a empresa está posicionada para liderar tecnologias atuais e futuras, incluindo seus principais negócios, eletrificação, combustíveis alternativos e soluções de energia, bem como em Capacidades digitais, dados e análises.

“Como líder global nos mercados que atuamos, estamos melhor posicionados do que qualquer outra empresa para conquistar tecnologias novas e emergentes. Nos últimos 100 anos, mostramos a nossa capacidade de inovar e adaptar-se ao nosso sucesso e estamos confiantes de que este é o caminho certo para fazê-lo novamente nesta atual conjuntura crítica. Estamos preparados para fornecer uma gama de tecnologias de energia para nossos clientes, do diesel e gás natural para powertrains totalmente elétricos e híbridos de forma a garantir e contribuir que eles tenham sempre a melhor solução para sua aplicação”, disse Linebarger.

A Cummins dá continuidade aos seus principais segmentos de negócios, como motor, sistemas de energia, componentes e distribuição. Exemplos de sucesso nestas atividades incluem produtos como a maior plataforma de motores da empresa já produzida até hoje, o QSK95; os mais recentes motores X15 com custos de economia de combustível e de manutenção líderes da classe, além de tecnologias de componentes proprietários, como o pós-tratamento inovador de módulo único 60% menor e 40% mais leve. Todos são apoiados pela ampla capacidade de suporte dos especialistas Cummins, globalmente.

Eletrificação – No início deste ano, a Cummins aprimorou seus esforços para potencializar a sua capacidade de eletrificação, reunindo todo o seu conhecimento com uma experiência significativa na área de powertrain eletrificado. Além disso, a companhia está explorando potencialmente parcerias para garantir o desenvolvimento de tecnologia líder em armazenamento de energia, eletrônica de potência, sistemas de motor de tração e controle de componentes para aplicações comerciais. A Cummins Inc. iniciará a entrega do powertrain eletrificado em 2019, incluindo bateria elétrica e plug-in híbridos. Estes são apenas os primeiros passos, uma vez que a companhia sinaliza sua intenção de ser o principal fornecedor de powertrains eletrificados nos mercados onde atua.

Combustíveis alternativos e soluções de energia – Hoje, a Cummins oferece sistemas de emissões a gás natural com zero emissões que são excelentes opções para as áreas urbanas que enfrentam problemas e estabelecem restrições para melhorar a qualidade do ar. A tecnologia do motor de gás natural pode ter níveis de carbono muito baixos e também pode ser considerada negativa em carbono quando emparelhada com gás natural renovável. Os motores de gás natural e os sistemas de combustível de hoje são muito mais avançados, eficientes, com manutenção melhorada e o aumento da infraestrutura da estação de abastecimento. Todos os quais levaram a um tempo de atividade significativamente melhorado e ao custo total de propriedade das frotas.

Além disso, a Cummins investiu em projetos de pesquisa e desenvolvimento para desenvolver capacidade para produzir produtos utilizando uma ampla gama de combustíveis. A empresa está desenvolvendo tecnologia de gasolina de alta eficiência que pode fornecer desempenho e durabilidade semelhantes a diesel, atendendo aos requisitos de emissão mais rigorosos, mantendo a economia de combustível competitiva.

O Departamento de Pesquisa e Tecnologia da Cummins continua a investigar a viabilidade de alternativas como biocombustíveis, combustíveis sintéticos e hidrogênio. A Cummins também investiu em projetos exploratórios voltados para tecnologias de células de combustível, com potencial crescente para oferecer uma densidade de potência superior ao mecanismo de combustão interna tradicional. Capacidades digitais, dados e análise – Os clientes estão em busca de interações convenientes e receptivas, atualizações em tempo real e informações que tornam os produtos mais seguros, mais produtivos e mais fáceis de usar. A Cummins traz sistemas telemáticos em alguns mercados há muitos anos, mas o potencial para o digital ultrapassa os sistemas telemáticos a um ritmo mais rápido. Com isso, em maio deste ano, a Cummins formou uma nova organização interna liderada por Sherry Aaholm, Chief Information Officer (CIO) da Cummins, chamado Digital Accelerator. Esta nova organização busca racionalizar a inovação, trazendo conceitos do estágio da ideia para a comercialização no ritmo mais eficiente e eficaz.

Para ouvir uma repetição da chamada: Estados Unidos: 1-800-475-6701 Internacional: 320-365-3844 Código de acesso: 425446

Sobre a Cummins Inc. – A Cummins Inc., líder mundial em energia, é uma corporação de unidades de negócios complementares que projetam, fabricam, distribuem e atendem motores diesel e de gás natural e tecnologias relacionadas, incluindo sistemas de combustível, controles, controle de ar, filtração, soluções de emissão e geração de energia elétrica. Com sede em Columbus, Indiana (EUA), a Cummins atualmente emprega cerca de 55.400 pessoas em todo o mundo e atende clientes em aproximadamente 190 países e territórios através de uma rede de cerca de 600 empresas.

Fonte: www.maxpress.com.br

‘É FANTA, E DAÍ?’: COCA-COLA ESTAMPA LATINHA CONTRA HOMOFOBIA

‘É FANTA, E DAÍ?’: COCA-COLA ESTAMPA LATINHA CONTRA HOMOFOBIA

‘É Fanta, e daí?’: Coca-Cola estampa latinha contra homofobia

Empresa adaptou trocadilho preconceituoso para fazer campanha interna para celebrar Dia do Orgulho LGBT

RIO- Uma ação interna da Coca-Cola chamou atenção por se apropriar de um trocadilho homofóbico para tentar passar justamente uma ideia contrária ao preconceito. Em latas de refrigerante distribuídas para funcionários lê-se a mensagem “Essa Coca-Cola é Fanta- E daí?”.

A lata foi criada para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBT, comemorado nesta quarta-feira, e contém Fanta laranja. As latas foram distribuídas nas geladeiras dos 13 andares do prédio da Coca, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, para que os funcionários pegassem. Segundo a empresa, não há planos para que as latas da ação sejam comercializadas no mercado.

“Criamos uma lata especial para reconhecer quem ignora rótulos, desafia os preconceitos e assume quem realmente é. Essa Coca é orgulho. Essa Coca é respeito. Essa Coca é Fanta”, diz a lata.

Junto com o refrigerante, os funcionários receberam um e-mail da empresa. No texto, a Coca-Cola diz que “Assim como as sociedades se transformam as empresas também precisam se reinventar e acompanhar as mudanças.” A Coca destaca, por fim, a necessidade de “construir um presente mais inclusivo”.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/e-fanta-dai-coca-cola-estampa-latinha-contra-homofobia-21529469#ixzz4lQ7eNm7ostest

PROJETOS PODEM RECEBER ATÉ R$ 25 MIL DA COCA-COLA; INSCRIÇÕES VÃO ATÉ 9/7

PROJETOS PODEM RECEBER ATÉ R$ 25 MIL DA COCA-COLA; INSCRIÇÕES VÃO ATÉ 9/7

Projetos podem receber até R$ 25 mil da Coca-Cola; inscrições vão até 9/7

As instituições poderão participar com projetos de Meio Ambiente, Estilo de Vida Saudável e Desenvolvimento Comunitário

A Coca-Cola Femsa Brasil realiza, em Minas Gerais, a segunda edição do edital “Novas Ideias para um Mundo Melhor”, que vai receber inscrições de projetos que envolvam as temáticas “Meio Ambiente”, “Estilo de Vida Saudável” e “Desenvolvimento Comunitário”.

O interessados devem solicitar o arquivo padrão, para realizar o cadastro do projeto, através do e-mail “novafabricacocacolafemsa@kof.com.mx” e enviá-lo até 9 de julho.

Poderão participar do edital organizações legalmente constituídas sem fins lucrativos, pessoas jurídicas e órgãos públicos, desde que os projetos beneficiem as comunidades de Brumadinho, Itabirito, Moeda e Nova Lima.

Segundo a Coca-Cola, “serão avaliadas iniciativas que estejam alinhadas aos pilares de sustentabilidade da empresa”.

Na área de “Meio Ambiente”, o projeto participante deve contemplar um destes quesitos: proteção aos recursos hídricos, economia de energia, gestão e redução do consumo de resíduos sólidos, educação ambiental ou proteção às unidades de conservação.

Em “Estilo de Vida Saudável”, a proposta deve abordar, pelo menos, um destes critérios: nutrição, qualidade de vida, esporte ou educação nutricional.

Já os inscritos em “Desenvolvimento Comunitário” precisam incluir geração de renda, empreendedorismo ou fomento às tradições culturais locais.

Serão aprovados dois projetos de instituições diferentes e cada um deles poderá receber aporte de até R$ 25 mil para desenvolver a iniciativa, em um prazo de um ano, com início em agosto de 2017 e termina em setembro de 2018.

Em 2016, os vencedores da primeira edição foram os projetos “Sol Nascente”, idealizado pela Adesita (Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Itabirito), na categoria “Esporte”, e a iniciativa de reaproveitamento de água da chuva, desenvolvido pela Escola Municipal Laura Queiroz, na categoria “Meio Ambiente”.

Fonte: minutomais.com

A RECEITA DE GRANDES EMPRESAS PARA PROMOVER A CULTURA DE SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

A RECEITA DE GRANDES EMPRESAS PARA PROMOVER A CULTURA DE SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

A receita de grandes empresas para promover a cultura de sustentabilidade nas organizações

Para empresários, tema não pode ser tratado como uma atribuição apenas de um departamento ou área específica

Inovação e Sustentabilidade devem caminhar juntas. Nesse percurso sem volta para as organizações, uma rede de colaboração e compartilhamento pode ser uma importante estratégia para superar desafios e enxergar oportunidades.

Durante o seu 1º Workshop de Sustentabilidade no último dia 20, em Sumaré (SP), 3M e empresas parceiras, entre elas, Embraer, Makro, Nestlé e Hospital Sírio-Libanês, apontaram caminhos para se construir uma cultura de sustentabilidade nas empresas. O encontro foi uma iniciativa para aprofundar a discussão do tema e gerar intercâmbio de ideias e boas práticas.

Todas as empresas concordam que o tema não pode ser tratado como uma atribuição apenas de um departamento ou área específica. Da mesma forma que Inovação, Sustentabilidade deve ser uma competência de todas as áreas e permear toda a organização como já aconteceu com a qualidade.

O compromisso da alta liderança é essencial para consolidação dessa nova cultura. Criar um Comitê de Sustentabilidade ajuda a fomentar esta transformação e implica em envolver colaboradores de diferentes níveis hierárquicos e expertises. Mas uma boa recomendação é não querer abraçar o mundo de uma vez e desenhar um plano gradual que busque solucionar problemas e explorar necessidades mais críticas dentro da organização. Concentrar esforços em iniciativas concretas, de maior impacto, terá maior aderência na organização para os programas serem implementados e abrir frente para novos projetos.

As empresas também indicam que deve haver um esforço de envolver toda a cadeia de valor na direção da sustentabilidade. Fornecedores qualificados e que respirem essa mentalidade favorecem o progresso do tema na sociedade.

Sustentabilidade também é percebido como um atributo de grande valor para as marcas. Não ter um posicionamento sobre o tema pode trazer efeito negativo para a reputação das organizações. Portanto, é um pilar essencial dentro do escopo de comunicação das empresas. Para implantar a cultura de sustentabilidade com sucesso, é preciso engajar e dar visibilidade para o que está sendo feito entre os stakeholders. Naturalmente, empresas íntegras devem desenvolver projetos e programas de comunicação sempre sob à luz da conduta ética e da transparência.

Neste encontro, o grupo concluiu que, embora ainda há muito que ser feito, a sociedade está mais sensível e consciente para a questão da sustentabilidade. Clientes estão sim dispostos a pagar mais por atributos ou soluções sustentáveis, já que o valor de investimento de soluções (em determinados casos) acabam tendo que ser repassados a eles. Em busca de saúde e bem-estar, a sociedade está em busca de um estilo de vida mais conectado com questões de cidadania e meio ambiente.

Combatendo a síndrome do curto prazo e da falta de planejamento, as empresas defenderam que Sustentabilidade demanda investimento no presente para se colher resultados a longo prazo. Entretanto, os resultados dessa equação podem ser bem relevantes, trazendo retorno sobre o investimento de alto impacto para a empresa.

O resultado do 1º. Workshop de Sustentabilidade da 3M do Brasil que envolveu Embraer, Hospital Sírio-Libanês, Makro e Nestlé, comprovou que a colaboração entre pessoas e empresas, formando uma grande rede de conexão, contribui significativamente na troca de ideias e na superação dos desafios que a Sustentabilidade ainda desperta nas organizações.

E, na sua empresa, como o tema vem ganhando espaço e sendo tratado?

Sustentabilidade na 3M

Mais de 8 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações do Instituto 3M – organismo social da 3M – nos últimos três anos. Em 2016 o Brasil foi um dos 10 países com maior número de iniciativas do 3P (Prevenção à Poluição se Paga), programa interno da 3M que visa incentivar a criação de projetos com ganho econômico para aprimorar processos e evitar a poluição, diminuindo assim os impactos ambientais.

Para conhecer esses projetos mais a fundo e se atualizar sobre a performance, gestão econômica, ambiental e social da 3M, acesse o Relatório de Sustentabilidade 2017 (Exercício 2016) da 3M do Brasil que acaba de ser lançado. A publicação é uma importante ferramenta que dá transparência às ações da 3M, apresenta a atuação responsável e ética, além de iniciativas nas áreas de Gestão de Pessoas, Pesquisa & Desenvolvimento, Meio Ambiente, Compliance, Relacionamento com Clientes e Consumidores, Relações Governamentais, além de propagar alguns de seus valores de sua marca como ética, colaboração e a sua cultura de inovação.

Fonte:http://www.administradores.com.br/

 

A CONVITE DA ONU LÍDERES GLOBAIS DISCUTEM COMO BANIR ESTEREÓTIPOS NA PUBLICIDADE

A CONVITE DA ONU LÍDERES GLOBAIS DISCUTEM COMO BANIR ESTEREÓTIPOS NA PUBLICIDADE

A convite da ONU líderes globais discutem como banir estereótipos na publicidade

A Unilever tem consciência do poder da mobilização coletiva para superar desafios e é comprometida em fomentar a diversidade e a equidade entre os gêneros. Juntamente com a ONU Mulheres e alguns dos principais players mundiais de publicidade e tecnologia anunciam a “Unstereotype Alliance” que tem a missão de acelerar o fim de retratos estereotipados de gênero em anúncios. A discussão em pauta é como a indústria pode promover mudanças culturais positivas usando o poder da propaganda e, assim, ajudar a moldar percepções realistas e não tendenciosas tanto para mulheres quanto para homens.

A “Unstereotype Alliance” foi anunciada um ano após o lançamento do  #Unstereotype, , movimento global liderado pela Unilever para combater os estereótipos na comunicação das suas marcas, e reforça o engajamento da companhia na construção de um futuro de igualdade entre homens e mulheres.

Os membros da “Unstereotype Alliance” incluem ANA Alliance for Family Entertainment, AT&T, Alibaba, Cannes Lions, Diageo, Facebook, Geena Davis Institute, Google, IPG, IPA, Johnson & Johnson, Mars, Mattel, Microsoft, P & G, Publicis, Twitter, The Female Quotient, ONU Mulheres, Unilever, Federação Mundial de Anunciantes e WPP.

Globalmente, a Unilever se mantém posicionada a fomentar a diversidade de gêneros não apenas entre os funcionários da companhia, mas também em parcerias institucionais e em ações de marca para promover o tema. É signatária global da campanha promovida pela ONU #HeforShe, em 2016, lançou o movimento @Unstereotype, faz parte da Associação Movimento Mulher 360, tem ais de 50% dos cargos de liderança no Brasil ocupados por mulheres e incentiva o empoderamento feminino por meio de suas marcas como, por exemplo, com o Programa Ciclo Brilhante, Dove Projeto pela Autoestima e Seda #JuntasArrasamos

Fonte:http://adnews.com.br