CEARENSES REPRESENTARÃO O PAÍS EM TORNEIO DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL EM LONDRES

por | jul 25, 2017

Cearenses representarão o país em torneio de empreendedorismo social em Londres

Os universitários do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) representarão o país em Londres, em um torneio de empreendedorismo social.

A equipe de universitários do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), que venceu o Campeonato Nacional Enactus Brasil 2017, realizado nesta semana, em um centro de convenções no Rio, representará o país em Londres, em um torneio de empreendedorismo social a ser realizado em setembro.

O projeto criado pelos estudantes visa evitar o desperdício de alimentos. De acordo com Kevin Brasil, líder do time IFCE-Iguatu há três anos, o principal objetivo do Projeto Mudas é o empoderamento e sustentabilidade da comunidade cearense.

“Para nós, é muito gratificante vencer um campeonato desse porte, com tantos times fortes de todo o país, pois essa vitória mostra que o cearense é um povo empreendedor que consegue disputar de igual para igual com monopólios de grandes cidades e transformar vidas mesmo em condições difíceis”, disse o estudante.

As atividades do Mudas atuam em diversas frentes que envolvem desde palestras para a comunidade direcionados à produção de frutas e hortaliças, fabricação de bolos, polpas e doces com foco no desperdício de alimentos, até cursos de informática para formação de jovens e promoção de ofertas e feiras com assistência técnica especializada em áreas diversas como agricultura, estética, saúde.

O evento contou com a participação de mais de 2.500 universitários empreendedores sociais, acadêmicos, entusiastas, executivos e professores de todo o Brasil e do mundo. O campeonato também promoveu debates sobre políticas públicas, mobilização social e responsabilidade socioambiental. Na competição, realizada nestas quarta e quinta-feira, no Centro de Convenções Sulamérica, 68 times de estudantes universitários competiram entre si pelo posto de representante brasileiro na Enactus World Cup, em Londres. A Enactus é uma organização internacional sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo social dentro das universidades.

A banca examinadora foi composta por executivos de alto escalão de empresas como Walmart, Bank of America e Convention Center Network e elegeu o projeto Mudas, do time IFCE-Iguatu, comandado pelos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) como o melhor do ciclo de 2016/17.

“Com o apoio de marcas como a Ford, cujo financiamento alavancou a nossa fábrica de processamento de alimentos, conseguimos impulsionar a economia regional e o empoderamento feminino”, afirmou Kevin.

Entre outros projetos, há o Cílica, liderado por estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA), com o objetivo de empoderar catadores de resíduos do Centro de Triagem do Canal do São Joaquim. A Universidade Federal do Alagoas (Ufal) também marcou presença entre os finalistas com o projeto Vivá, que atende profissionais da reciclagem em Maceió. Outro time foi o Enactus Leão Sampaio, da Unileão de Juazeiro do Norte, no Ceará, que possui três projetos ativos: o Viver da Terra, que visa o desenvolvimento da agricultura familiar, o Sonhos de Maria, que possibilita renda extra para as mulheres e o Empreende Mais, que incentiva as consultorias.

Todo o evento foi apoiado por marcas como Bank of America, o Walmart, o CNN, a Nufarm, a Cargill, a KPMG, a Tilibra, a Andef, a Fcam, a Ford, a Microsof, o inpEV, a Fundação Estudar, a Rich, a Thermo Fisher Scientific, a Fcam, a Coca-Cola, a Coath e a BIC.

Fonte: extra.globo.com

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *