GE SERÁ PARCEIRA DA FIOCRUZ EM VACINA CONTRA ZIKA

GE SERÁ PARCEIRA DA FIOCRUZ EM VACINA CONTRA ZIKA

WASHINGTON – O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou na tarde desta terça-feira em Washington que o governo quer acelerar a etapa final de testes da vacina contra o zika. Na capital americana para participar de reunião da Organização Panamericana de Saúde, Barros se encontrou com seu colega americano, Tom Price, e pediu ajuda para agilizar a fase 3 de testes da vacina. Ele disse que esta etapa será feita pela GE Healthcare, em parceria com a Fiocruz.

– Vamos avançar com a produção efetiva da vacina e pedimos apoio a ele para que possamos ter agilidade na produção – disse o ministro, que afirmou que a Fiocruz deve contratar a empresa GE Healthcare.

Na fase 3 os testes da vacina são feitos em humanos, etapa final antes da liberação da vacina a população em geral. Mesmo assim, ele estima que o produto não chegará ao mercado antes de dois anos.

O ministro lembrou que este ano o número de casos de zika diminuiu 96%, mas é preciso estar atento, principalmente quando começar o verão e toda a população for responsável por eliminar focos do mosquito. Em tom otimista, ele afirmou que o Brasil vai dar um “exemplo” no caso da zika:

– Vamos poder apresentar ao mundo resultados do acompanhamento das crianças afetadas, várias delas com o benefício de prestação continuada: mais de duas mil recebem um salário mínimo por mês para que as famílias possam dar o devido acompanhamento a estas crianças.

Barros lembrou que Brasil e EUA têm uma parceria importante para o desenvolvimento da vacina contra a dengue, na qual já foram investidos R$ 300 milhões, e que os dois países também trataram de debater novas parcerias na Doença de Chagas, que afeta a 300 mil americanos e um milhão de brasileiros.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/ge-sera-parceira-da-fiocruz-em-vacina-contra-zika-21873052#ixzz4tu8hCEwy

JOVEM DO PARANÁ GANHA 7º PRÊMIO PARA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

JOVEM DO PARANÁ GANHA 7º PRÊMIO PARA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

São Paulo, setembro de 2017 – O projeto vencedor do 7º Prêmio do Instituto 3M para Estudantes Universitários é da jovem Isabelle Aparecida Costa, de Toledo-PR. A estudante do 5º semestre de engenharia civil e seu orientador ganharam R$ 50 mil para colocar em prática a iniciativa “Reaproveitamento de materiais vítreos obtidos a partir de resíduos de vidraçarias comerciais para a produção de compósitos vidro-cimento” e apresentar os resultados após um ano.

Isabelle recebeu o troféu e o prêmio nesta quinta-feira (21) em cerimônia na sede da 3M em Sumaré-SP. “Estou honrada pelos jurados terem escolhido o meu projeto. O prêmio do Instituto 3M vai ajudar a concretizar uma ideia que certamente trará impacto positivo para o meio ambiente, a economia e a sociedade”, comenta a estudante.

A futura engenheira civil incentiva estudantes a participar da próxima edição: “Ao ver o suporte que o Instituto 3M e a 3M dão para novas ideias fiquei impressionada e convido todos a participarem desta oportunidade e acreditar nas suas ideias, tentando colocá-las em prática”. Ela se emocionou com a conquista e agradeceu também seu professor orientador Ricardo Schneider, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

O aluno Lucas Humberto Reinhardt, da FACCAT (Faculdades Integradas, de Taquara – RS) ganhou menção honrosa pelo projeto “Sistema de Empréstimo de Equipamentos Básicos de Saúde”, com orientação do professor Fernando Lunardelli. Lucas e seu orientador receberam R$ 10 mil para implementar o projeto. Já os outros três finalistas receberam medalhas de participação.

O objetivo do Prêmio Instituto 3M para Estudantes Universitários é reconhecer e apoiar a implantação de um projeto inovador voltado à tecnologia social, com estímulo ao desenvolvimento e busca por soluções aos problemas da sociedade. A premiação foi criada em parceria com a Associação AlfaSol, a partir do Programa Universidade Solidária (UniSol). Ao todo, foram 201 inscrições de todo o Brasil, representando 90 cidades e 103 universidades.

Destinada aos estudantes universitários de graduação e com objetivo de estimular o empreendedorismo, a edição 2017 da premiação recebeu projetos inovadores nas áreas de saúde, educação e meio ambiente. De acordo com Mara Fioravante, Presidente do Instituto 3M, o objetivo do Prêmio é estimular o empreendedorismo de estudantes: “Queremos viabilizar a implantação de soluções replicáveis e de baixo custo que promovam o desenvolvimento de tecnologias sociais”.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DOS FINALISTAS:

Estudante Instituição Nome do projeto Cidade Curso Período
André Vitor Suzuki Universidade Estadual Paulista – UNESP Consciência social e ambiental: visibilidade e melhorias nas condições de trabalho de catadores de recicláveis por meio de uma ferramenta virtual. São José do Rio Preto/ SP Biologia 4º semestre
Dhemetrius Osmar Bianchini Junior Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) Auxiliar deficientes visuais no transporte público com RFID São Bernardo do Campo/ SP Engenharia da computação 2º semestre
Isabelle Aparecida Costa Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) Reaproveitamento de materiais vítreos obtidos a partir de resíduos de vidraçarias comerciais para a produção de compósitos vidro-cimento Toledo/ PR Engenharia Civil 5º semestre
Kelly Schneider Moreira Universidade Federal de Santa Maria Usando embalagens Longa vida para construção de geradores triboelétricos de baixo custo para armazenamento de energia Santa Maria/RS Química – Bacharel 6º semestre
Lucas Humberto Reinhardt FACCAT – Faculdades Integradas De Taquara SEEBS – Sistema de Empréstimo de Equipamentos Básicos de Saúde Taquara /RS Tecnólogo De Sistemas Para Internet Útimo semestre
Roger Censon Lopes Universidade Federal de São Carlos – UFSCar Desenvolvimento de um dispositivo de detecção do movimento de baixo custo para monitoramento de pacientes em reabilitação locomotora São Carlos/SP Engenharia Elétrica 6º semestre

 

 

Sobre o Instituto 3M

O Instituto 3M de Inovação Social é uma organização idealizada pela 3M do Brasil e visa contribuir para a transformação social do Brasil promovendo o empreendedorismo de nossas futuras gerações, fundamentado em valores éticos, de cidadania e de sustentabilidade. A missão do Instituto 3M, que completou 10 anos em 2016, é atuar na descoberta de tecnologias sociais e no desenvolvimento de programas próprios e em parcerias com foco na formação de nossas futuras gerações para empreendedorismo. Para mais informações, acesse: www.instituto3m.org.br

Sobre a 3M

Na 3M, aplicamos a ciência de forma colaborativa para melhorar vidas diariamente. Com cerca de 90 mil funcionários conectados com clientes em todo o mundo e mais de 55 mil itens de produtos inovadores para diferentes mercados, a 3M atingiu US$ 30,1 bilhões em vendas globais em 2016. No Brasil, o Grupo 3M conta com cinco fábricas instaladas no Estado de São Paulo, que compõem a 3M do Brasil, além das empresas 3M Manaus, instalada no Amazonas e a Capital Safety, que opera no Paraná. Em 2016, alcançou faturamento bruto de R$ 3,6 bilhões no País, onde conta com cerca de 3.500 funcionários. Conheça nossas soluções criativas no site www.3M.com.br e cadastre-se para receber nossas notícias em http://news.3m.com/pt-br.

GRUPO +UNIDOS PROMOVE ENCONTRO DE EMPRESAS NO CSR LEADERS

GRUPO +UNIDOS PROMOVE ENCONTRO DE EMPRESAS NO CSR LEADERS

São Paulo, 20 de setembro de 2017 – O mundo está mudando cada vez mais rápido. A área de CSR já não é mais um pequeno recurso das empresas, mas uma das principais áreas estratégicas para o crescimento das organizações e que demanda, mais que ideias de grande apelo, políticas de grande eficiência. É com esta ideia em mente que o Grupo +Unidos, em parceria com a USAID e o Impact Hub São Paulo, organizam a primeira edição do CSR Leaders, um encontro entre os diretores de responsabilidade social de algumas das mais importantes empresas atuantes no Brasil. Entre as empresas confirmadas, estão nomes como KPMG, Johnson & Johnson, Instituto 3M e Cummins.

O principal objetivo do evento é desmistificar o modelo antigo de responsabilidade social através de uma troca de experiências promovida pelo Grupo +Unidos, que irá proporcionar um contato direto dos convidados com algumas das questões mais urgentes que precisam ser atacadas hoje em dia, como inclusão para deficientes no mercado de trabalho, a utilização de materiais sustentáveis e até mesmo o desperdício de comida.

O evento trará dados e informações sobre a crescente importância de políticas de CSR nas empresas e como elas têm um impacto real nos resultados da empresa no decorrer do tempo, reafirmando, portanto, o conceito de que políticas de responsabilidade social são investimentos, e não apenas gastos. Uma das questões que serão abordadas é a inclusão de pessoas com deficiência nas operações cotidianas das empresas. Uma das palestras será dada por um portador da Síndrome de Down.

Em outro momento, alguns nomes das empresas vão compartilhar casos de políticas e campanhas de responsabilidade social que não deram certo, e porque o fracasso aconteceu. O CSR Fail será um estimulo para a troca de ideias e experiências sem julgamentos, onde todos os participantes poderão aprender com os tropeços, enriquecendo ainda mais a discussão e entendendo quais são as bases necessárias para tornar estas políticas bem-sucedidas. Após este momento, também serão apresentados cases de sucesso, identificando as ideias de vanguarda que ajudaram a tornar tais iniciativas referência para outras empresas.

Também parte do conceito do evento, a alimentação será provida pelo Projeto Vegearte, criado pelo Instituto Favela da Paz, que estimular a alimentação saudável na periferia de São Paulo e que tem como um de seus pilares o desperdício zero de alimentos. A alimentação é preparada por crianças e voluntários do Instituto e os alimentos e ingredientes serão devidamente marcados, para identificar sua origem. Membros do Projeto também estarão presentes, explicando todo o processo por trás da preparação e a importância do consumo e preparação de alimentos de forma sustentável.

Para Augusto Corrêa, Gerente executivo do Grupo +Unidos, o evento será um marco na forma que as empresas enxergam e abordam políticas de responsabilidade social. “Nosso principal objetivo é levar às empresas experiências reais que demonstram a importância da inclusão destas questões em seu cotidiano, tornando-as verdadeiras agentes transformadoras em nossa sociedade”.

O CSR Leaders terá cobertura completa através do Facebook do Grupo +Unidos no próximo dia 26 de setembro.

COMO O TERREMOTO NO MÉXICO ESTÁ MOBILIZANDO VOLUNTÁRIOS, CELEBRIDADES E A COMUNIDADE INTERNACIONAL

COMO O TERREMOTO NO MÉXICO ESTÁ MOBILIZANDO VOLUNTÁRIOS, CELEBRIDADES E A COMUNIDADE INTERNACIONAL

Após o terremoto de 7,1 pontos na escala Richter que atingiu o México na terça-feira (19), autoridades e cidadãos seguem em busca de sobreviventes entre escombros de edifícios e casas que ruíram. O desastre chegou a mobilizar, inclusive, celebridades e a comunidade internacional.

Apesar do ritmo dos trabalhos de resgate ter sido prejudicado por uma forte pancada de chuva no fim da tarde desta quarta-feira (20), o Centro de Prevenção de Desastres Naturais já descartou a possibilidade de réplicas fortes. Pelo menos 250 pessoas morreram e cerca de 1,8 mil ficaram feridas em decorrência dos tremores de terra.

Confira abaixo cinco fatos sobre a situação do país arrasado pelo abalo:

1. Socorristas buscam menina escondida embaixo de mesa na escola

Socorristas tentaram até as primeiras horas da noite desta quarta-feira (20) retirar vítimas com sinais de vida dos escombros da escola Enrique Rébsamen, em Coapa, no extremo sul da Cidade do México.  Frida Sofia, uma garota de 12 anos, foi encontrada com vida através de uma câmera de infravermelho. A menina se abrigou embaixo de uma mesa de granito, cujos pés de ferro não cederam no momento do abalo. Há outras crianças presas entre duas lajes que caíram. O resgate precisou ser interrompido na madrugada após um alerta falso de sismo na região.

Parte da escola desabou com o tremor, matando pelo menos 21 crianças e cinco adultos. Héctor Méndez, um dos chefes das equipes de resgate, disse que, desde a noite de terça, só corpos foram removidos dos destroços de onde houve o maior número de mortos na capital. Cerca de 40 pessoas continuam desaparecidas.

Leia mais: Ciência ainda não consegue prever terremotos

2. Organizações humanitárias pedem doações para ajudar as vítimas

Diversas organizações humanitárias trabalham para ajudar os mexicanos afetados pelo terremoto da última terça-feira (19). A Cruz Vermelha Mexicana informou uma conta bancária para depósito de doações. Também é possível doar via PayPal. A entidade divulgou ainda uma lista dos itens mais necessários, como luvas descartáveis, gaze, seringas e água oxigenada.

A Cruz Vermelha também criou uma lista de desejos no site da Amazon México – são listados artigos como tendas, fraldas, baterias portáteis e pilhas, entre outros produtos.

Reconhecida internacionalmente por seu trabalho após o terremoto de 19 de setembro de 1985, que deixou 10 mil mortos no país, a ONG Topos é outra entidade em busca de doações para ajudar as vítimas, via transferência bancária ou PayPal.

Já a organização americana Charity Navigator, mapeia entidades de ajuda humanitária e publicou recentemente uma lista de grupos mexicanos.

3. Comunidade internacional se solidariza e envia forças de resgate

Além dos 3,4 mil homens do Exército mobilizados para o resgate, um mutirão de voluntários domina as ruas dos locais atingidos pelo terremoto no México. São batalhões de civis carregando pás, marretas, machados, baldes, garrafas de água, comida e todos os tipos de ferramenta que possam ajudar.

Além disso, autoridades e civis de diferentes lugares do mundo comunicaram o interesse em ajudar o país e as vítimas após o terremoto. A brasileira Elisabete Pagani que mora no México, por exemplo, foi a um dos centros de ajuda para doar alimentos e participar de um mutirão que preparou sanduíches para as vítimas.

Nesta quarta (20), o Exército de Israel informou que enviará uma delegação de 70 membros ao México para apoiar os esforços de resgate. A maior equipe será formada por cerca de 25 engenheiros israelenses, que ajudarão a avaliar os estragos e determinar se os edifícios estão seguros. A equipe incluirá profissionais de busca e resgate, bem como pessoas responsáveis pelo apoio médico e logístico. O escritório do premiê Benjamin Netanyahu anunciou o envio da equipe em resposta ao pedido de ajuda do México.

Além disso, uma delegação de 18 membros da equipe de resgate Topos Chile também viaja ao México com dois cães treinados e material especializado para ajudar nas buscas. Os Topos são uma agrupação de civis que trabalha gratuitamente, nascida no México após o terremoto de 1985, que deixou milhares de mortos. A organização internacional tem sedes em Bulgária, Chile, França e Nova Zelândia.

O premiê da Espanha Mariano Rajoy, também enviou um telegrama ao presidente do México, Enrique Peña Nieto, para oferecer apoio nos esforços de resgate.

4. Celebridades divulgam pedidos de ajuda

Muitos artistas brasileiros, latinos, mexicanos e americanos demonstraram solidariedade pela população que sofre com os efeitos da catástrofe natural. Algumas celebridades aproveitam a visibilidade de suas redes sociais para divulgar pedidos de ajuda e doações, como o ator espanhol Miguel Ángel Silvestre, de “Sense8”. Ele se dedicou a postagens com fins humanitários e repostou uma imagem com “maneiras de ajudar em um terremoto”.

A atriz Anahí e os atores Alfonso Herrera e Diego Luna, que atuaram em “Rebeldes”, as cantoras Thalia e Beyoncé, além da atriz Selena Gomez. Anitta, Jennifer Lopez e o cantor colombiano Maluma foram outras celebridades que comentaram nas redes sociais a tragédia ocorrida no México.

No Twitter e no Instagram, as hashtags em espanhol ganharam força.

5. Presidente do México decreta luto oficial no país

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, decretou luto oficial de três dias em homenagem às vítimas do terremoto. “México compartilha sua dor”, afirmou Peña Nieto, na conta oficial da presidência no Facebook.

Até então, o último grande terremoto que a atingir o México havia ocorrido há exatos 32 anos, em 19 de setembro de 1985. Na época, os tremores de terra deixaram quase 10 mil mortos.

Fonte: gazetadopovo.com.br

MICROSOFT E FAPESP OFERECEM ATÉ R$ 4,5 MILHÕES PARA PESQUISAS EM VISÃO COMPUTACIONAL

MICROSOFT E FAPESP OFERECEM ATÉ R$ 4,5 MILHÕES PARA PESQUISAS EM VISÃO COMPUTACIONAL

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e a Microsoft Brasil anunciaram nesta segunda-feira (18) uma Chamada de Propostas para seleção e apoio a projetos de pesquisa sobre visão computacional aliada à Inteligência Artificial.

O valor compartilhado pelas duas partes para apoio por até quatro anos a projetos selecionados, desenvolvidos em cooperação, pode chegar a R$ 4,5 milhões.

A iniciativa busca ideias de ferramentas com aplicação em frentes como mobilidade urbana, segurança pública e industrial e de infraestrutura.

Os tópicos de interesse comum nesta chamada são: análise de vídeos e imagens para reconhecimento de ações, rastreamento de objetos, análise de multidões, detecção de pessoas e segmentação de objetos.

“Nesta chamada de propostas de pesquisa a temática em visão computacional aliada à Inteligência Artificial se relaciona muito bem com o interesse da FAPESP em temas relacionados à Manufatura Avançada”, disse Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

As propostas devem ser apresentadas por pesquisadores ligados a instituições de pesquisa e ensino superior públicas ou privadas no Estado de São Paulo até 11 de dezembro de 2017. Os resultados serão divulgados em 11 de maio de 2018.

A chamada está prevista no segundo Acordo de Cooperação Científica e Tecnológica entre FAPESP e Microsoft, assinado em 2012. O financiamento aos projetos selecionados será feito de acordo com as normas do Programa FAPESP Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE), voltado para o desenvolvimento de produtos e processos de alta tecnologia em parceria com empresas.

Mais informações sobre o edital e inscrições no site.

Fonte: http://idgnow.com.br