PROFESSORES DO PARANÁ CONCORREM A VAGA EM CURSO AMERICANO

por | jan 17, 2018

Dois professores da rede estadual de ensino foram pré-selecionados para representar a rede pública paranaense no programa STEM TechCamp BRASIL 2018. O programa é uma iniciativa da embaixada dos Estados Unidos em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e do Grupo +Unidos.

O programa tem como objetivo estabelecer uma rede de gestores educacionais e professores formadores para aprimorar e fortalecer ações em Ciências, Tecnologia, Engenharias e Matemática (STEM) no ambiente escolar. Um professor de cada estado brasileiro será selecionado para participar de cursos tecnológicos com equipes do Brasil e dos EUA. A classificação final será divulgada na próxima segunda-feira (22).

“Os professores selecionados terão a oportunidade de participar de uma rede de multiplicadores de todo o país, para pesquisar e implantar ações de aprendizagem ativa de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática na rede pública de educação. Ao final alguns professores serão selecionados para uma formação nos Estados Unidos”, destacou o diretor de Políticas e Tecnologias Educacionais da Secretaria de Estado da Educação, Eziquiel Menta.

SELECIONADOS– Os paranaenses pré-selecionados são os professores Sarita Maria Pieroli, de História, do Colégio Estadual Marcelino Champagnat, em Londrina (Norte), e Edson Pedro Schiehl, de Matemática, do Colégio Estadual Frederico Guilherme Giese, do município de Piên (Sudeste).

“A expectativa é conhecer novas experiências, ideias e parcerias que serão fundamentais para aprimorar o projeto que desenvolvo na escola, assim como aprender novas metodologias para desenvolver em sala de aula. Tudo que aprender quero desenvolver com meus alunos, uma vez que tudo que trabalhamos na escola partiu de ideias deles. Eles devem ser os maiores beneficiados”, disse Sarita.

A docente desenvolve um projeto de empreendedorismo com alunos do ensino fundamental e médio, em parceria com Sebrae, com foco nas vertentes de empreendedorismo social e trabalho e geração de rendas.

“No Empreendedorismo Social promovemos trabalhos voltados à comunidade escolar: Conscientização do meio ambiente e entorno escolar, feira de adoção de animais, projeto de arrecadação de livros, alimentos e brinquedos para a Biblioteca Solidária do Conjunto Vista Bela em Londrina”, explicou.

PROGRAMA – Essa é a primeira edição do STEM TechCamp BRASIL 2018, que terá a duração de 12 meses, e possibilitará aos participantes a oportunidade de participar de atividades de desenvolvimento e planejamento estratégico para os projetos que já são trabalhados nas escolas. Os profissionais também terão a oportunidade de aprender novos conceitos e trocar informações relacionadas à cultura de aprendizagem criativa, abordagens investigativas e interdisciplinares, iniciação à pesquisa científica e tecnológica e empreendedorismo para fortalecer os trabalhos relacionados ao STEM.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *