PRIMEIRO LABORATÓRIO DE IDIOMAS DE 2018 É INAUGURADO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

por | mar 13, 2018

A parceria entre o Grupo +Unidos, US AID e Ministério da Educação chegou até a única Universidade Federal do estado do Amazonas. A escolha, segundo o vice-representante do programa Idioma Sem Fronteiras, Virgílio Almeida, foi especial.

Nesta terça feira 13, ocorreu às 10h a inauguração do primeiro Laboratório de Idiomas do ano, alocado no Centro de Convivência da UFAM – Universidade Federal do Amazonas. O laboratório faz parte da parceria com o Programa Idiomas Sem Fronteiras, coordenado pelo Ministério da Educação.

O objetivo dos laboratórios é auxiliar na internacionalização das universidades, tornando discentes e docentes capazes de desenvolver projetos e estudos em língua estrangeira. A UFAM sedia o 10º Laboratório de Idiomas, e a estimativa é que junto aos outros some 20 mil jovens capacitados em 2018.

“O momento representou um grande avanço para o Estado e para a Ufam. Isso representa para nós mais um passo efetivo rumo a uma Universidade internacionalizada.” segundo a fala do reitor Sylvio Puga.

Dentre as autoridades presentes, estavam Michael Eddy – Diretor da US AID Brasil, Augusto Corrêa – Diretor Executivo do Grupo +Unidos, a Prof Dra Leda Brasil – Diretora do Departamento de Relações Internacionais da UFAM, Prof Dr Wagner Teixeira, atual Coordenador do programa de idiomas da UFAM, o reitor da Universidade Prof Dr Sylvio Puga e o vice-presidente do Programa Idioma sem Fronteiras, Virgílio Almeida.

A fala de todos os presentes demonstrou unanimidade em reconhecer que é preciso preparar o jovem para o mercado global, essa iniciativa aliada ao Governo já vem trazendo benefícios aos universitários e agora chegou no Amazonas para agregar com outros projetos já existentes do Curso de Letras. “É uma quebra de barreiras (do idioma) para desenvolver nossos jovens” – complementou Leda Brasil. Wagner Teixeira, também deixou seu depoimento: “As ações em prol da internacionalização da Universidade vem crescendo desde o início do Ciência e Idioma Sem Fronteiras”.

A cerimônia também contou a presença dos cônsules da Colômbia – José Gilberto Florez , Venezuela – Faustino Torella, Cuba – Túrcios Lopez, do vicecônsul do Japão – Yoshinari Oda, da representante consular dos EUA – Shere Nelson e também dos professores Ingo Daniel Wahnfried, Maria Regina Marinho e Marta Cunha.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *