A história recente do investimento social colaborativo ganhou um capítulo importante na última terça feira, 3 de abril. O Grupo +Unidos, que atua há mais de 10 anos no Brasil, realizou a Assembleia de Constituição do seu novo Estatuto Social, formalizando sua figura jurídica. Na ocasião, também foi apresentado o novo presidente do Conselho Diretivo, David Bunce.

Em sua primeira fala no cargo, Bunce relembrou as reuniões iniciais do conselho, destacando a quantidade de projetos e iniciativas apoiadas ao longo dos anos. Ele também apontou dois componentes relevantes para essa nova fase: trazer mais empresas parceiras para o grupo e potencializar os projetos existentes. “Agradeço a confiança e fico feliz em participar desse novo momento”, complementou.

Augusto Corrêa, Gerente Executivo do Grupo +Unidos, contou que as discussões para esse processo começaram há pouco mais de um ano e foram motivadas pelo desafio de definir uma atuação que permitisse traçar um caminho mais longo e com impacto para a organização. Na prática, essa mudança representa mais transparência e autonomia para o grupo, além de facilitar a associação de novas empresas, que podem passar a colaborar nos diversos projetos do Grupo +Unidos. “A formalização potencializa o que temos desenvolvido”, disse.

O diretor da USAID no Brasil, Micheal Eddy, também presente na assembleia, reconheceu o sucesso da parceria mantida com o Grupo +Unidos desde seu início. “O modelo de investimento público-privado tem mostrado que, juntos, podemos fazer uma grande diferença”, ressaltou. Em seguida, Eddy homenageou Gilberto Peralta, ex-presidente do conselho diretivo da organização: “queremos reconhecer o excelente trabalho desenvolvido desde janeiro de 2015 na sua gestão”, concluiu.

O novo passo do Grupo +Unidos permite que o investimento colaborativo seja mais fácil e transparente para todas as partes envolvidas. Se sua empresa também quer apoiar projetos de impacto, faça parte da nossa rede enviando um email para.contato@maisunidos.org.