FACEBOOK E QUALCOMM QUEREM LEVAR CONEXÕES WI-FI ULTRAVELOZES ÀS CIDADES

por | maio 22, 2018

Parece que o Facebook não abandonou seus planos de expandir ainda mais os seus horizontes com a criação de uma infraestrutura de rede Wi-Fi capaz de se propagar facilmente entre os prédios das cidades.

Acontece que esse objetivo está cada vez mais próximo de se tornar realidade com o projeto Terragraph, que foi apresentado originalmente pela rede social em meados de 2016. Conforme noticiou o Engadget, a companhia está trabalhando lado a lado com a Qualcomm para lançar um sistema de rede sem fio de frequência milimétrica de 60 Ghz que deve impulsionar o alcance máximo de distribuição de internet Wi-fi em ambientes urbanos.

Nessa parceria, a Qualcomm deve desenvolver chipsets capazes de suportar a tecnologia de 60 GHz, garantindo que todos os aparelhos móveis da próxima geração aproveitem o máximo das conexões sem fio espalhadas pelas cidades. As expectativas são de que os primeiros testes com o sistema sejam iniciadas em 2019.

Especificações do Terragraph

As principais características do Terragraph incluem conexões com base no padrão WLAN 802.11ay, que funcionam sob a frequência de 60 Ghz e que devem oferecer taxas de transferência de dados entre 20 e 40 Gbps em distâncias que variam de 300 a 500 metros.

No caso do limite do alcance de sinal, essa barreira pode ser quebrada com a implementação de matrizes de antenas, bem como com a utilização de intercomunicações de diferentes canais, nós sincronizados e protocolos de conexão TDMA, podendo superar os principais obstáculos urbanos com uma infraestrutura de menor custo e com maior eficiência na propagação do sinal sem fio.

Estações de distribuição de sinal do Terragraph (Imagem: Facebook)
Estações de distribuição de sinal do Terragraph (Imagem: Facebook)

Foto: Canaltech

O principal objetivo do projeto é levar internet de alta velocidade a locais onde as redes de fibra ótica são exageradamente caras para serem instaladas. De forma complementar, o Facebook também desenvolveu um sistema de integração de rádio, chamado de ARIES, com a finalidade de oferecer transmissões de sinais sem fio por longas distâncias em regiões rurais menos densas.

Entretanto, ainda não está claro se o Facebook adotará um formato de serviço semelhante ao Google Fiber, que oferece acesso gratuito limitado e planos pagos em algumas cidades nos Estados Unidos; ou se a distribuição da conexão em áreas urbanas acontecerá por meio de um sistema totalmente gratuito, porém com restrições de acesso a alguns serviços online para todos os usuários.

Fonte: terra.com.br

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe esse conteúdo: