• Português
  • English

CUMMINS E GILLIG FIRMAM PARCERIA PARA DESENVOLVER ÔNIBUS 100% ELÉTRICO



[et_pb_section bb_built=”1″ background_color=”#e6e6e6″ custom_padding=”108px|0px|9px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_row _builder_version=”3.0.47″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” custom_padding=”23.1094px|0px|16px|0px”][et_pb_column type=”3_4″][et_pb_post_title categories=”off” comments=”off” _builder_version=”3.0.65″ title_font=”|on|||” title_font_size=”27px” title_font_size_phone=”27px” title_font_size_last_edited=”on|phone” title_text_color=”#132c66″ /][et_pb_text _builder_version=”3.0.85″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” background_layout=”light”]

São duas empresas de segmentos distintos: a Cummins Inc., fabricante independente de motores Diesel e a Gás, e a Gillig, designer e fabricante americana de ônibus.

As duas se uniram em parceria para desenvolver um ônibus 100% elétrico.

O trabalho técnico entre as empresas busca a integração e a otimização da nova tecnologia elétrica a bateria oferecida pela Cummins que, em breve, equipará os ônibus com emissões zero da Gillig.

O acordo foi anunciado em outubro pelos executivos das duas empresas, Derek Maunus, presidente da Gillig, e Amy Boerger, vice-presidente de Vendas da Cummins para América do Norte, num evento da APTA – American Public Transportation Association.

No ato que marcou o anúncio do desenvolvimento em conjunto, Manaus afirmou que a Gillig já tem uma relação comercial bastante consolidada com a Cummins (as empresas trabalham juntas desde a década de 1950), e que agora, com a nova parceria, as empresas irão compartilhar suas respectivas metas em tecnologias, “e desenvolver, com a vantagem de uma visão conjunta, para fornecer a mais avançada tecnologia em eletrificação do mercado de ônibus para nossos clientes”.

A meta inicial será o desenvolvimento de uma nova bateria elétrica para um ônibus eletrificado da Gillig com foco na faixa de operação de 322 km (200 milhas) com uma única carga. O ônibus terá motor de tração dianteira com torque de 3.500 Nm (Newton meters), utilizando energia do sistema de frenagem regenerativo. Um pacote de acessórios será alimentado pelo sistema Cummins. A implantação inicial do ônibus usará um carregador plug-in.

A Cummins atualmente alimenta a série Gillig de ônibus Low Floor, BRT, BRTPlus, Comutador e Trolley, com um amplo portfólio de Diesel limpo, gás natural quase zero e energia Diesel-híbrida.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transporte

Fonte: diariodotransporte.com.br

[/et_pb_text][et_pb_post_nav _builder_version=”3.0.65″ title_text_color=”#132c66″ /][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_4″][et_pb_sidebar area=”sidebar-1″ _builder_version=”3.0.65″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ background_color=”#e6e6e6″ custom_padding=”12px|0px|0px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_row custom_padding=”10px|0px|0px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_comments _builder_version=”3.0.65″ custom_button=”on” button_border_width=”1px” button_border_radius=”0px” button_on_hover=”off” button_border_color_hover=”#132c66″ /][et_pb_divider color=”#132c66″ show_divider=”on” divider_style=”solid” divider_position=”bottom” divider_weight=”1px” _builder_version=”3.0.64″ global_module=”5886″ saved_tabs=”all” /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Assine nossa Newsletter

Logo +Unidos
Youtube Flickr Linkedin Facebook ...