• Português
  • English

MAIS DO QUE UM MARCO, CONSCIÊNCIA NEGRA NAS EMPRESAS COMO UMA POSTURA INSTITUCIONAL E ANTIRRACISTA



A temática racial foi, ao lado da pandemia da Covid-19, um dos grandes assuntos de 2020. Entramos em novembro, mês marcado pelo dia da consciência negra e, durante todo o mês, nos deparamos com diversas atividades e propostas de organizações e empresas sobre a representatividade racial. 

O dia 20 foi escolhido por fazer referência à morte de Zumbi dos Palmares, líder do maior quilombo do Brasil, que combateu ativamente à escravidão no país. E, embora a data da abolição da escravatura seja celebrada no dia 13 de maio, o movimento negro compreende que esta data não foi a que libertou de fato os negros das amarras da escravidão.

E, por essa razão, essa data é um dia de articulação e debate e não de celebração. Devemos, então, valorizar as organizações que abrem as portas para os debates, mas precisamos ir além. 

Segundo dados do IBGE, 64,2% dos desempregados brasileiros são negros, um dado que choca mais se levarmos em consideração que representam 55,7% do total da população. Os dados são mais chamativos com a pesquisa do Instituto Ethos, com as 500 empresas de maior faturamento, que apresenta os negros com uma taxa extremamente baixa em cargos de gerência: 6,3%. Já no executivo, são apenas 4,7%. Porém, quando voltamos o olhar para os setores “operacionais” os negros aparecem em maior escala, são 57% dos aprendizes e trainees. 

Este breve panorama demonstra que é sim preciso combater o racismo estrutural e reparar historicamente os erros do passado. Desta forma, precisamos que as empresas se enxerguem como participantes ativas da luta antirracista e que, como consequência disto, abram as portas para os candidatos negros, oferecendo oportunidades reais de crescimento profissional.

O Grupo +Unidos tem como característica visceral a reunião de grandes multinacionais atuantes no Brasil em prol das necessidades sociais do país. Assim, convidamos, neste e em todos os meses, todas as empresas associadas à nossa rede a repensarem suas políticas de inclusão da população negra nas suas corporações. Mais do que isso, nos colocamos à disposição para apoiá-los ao longo processo. 

#UnidosSomosMaisFortes #UnidosFomosMaisLonge

Assine nossa Newsletter

    Logo +Unidos
    Youtube Flickr Linkedin Facebook ...