• Português
  • English

PAULA PASCHOAL: “DIVERSIDADE NA LIDERANÇA TRAZ INTELIGÊNCIA COLETIVA”



As mulheres são minoria em cargos de liderança no País. Quando o setor é tecnologia, então, a participação feminina é ainda mais reduzida. A executiva Paula Paschoal, entretanto, é um ponto fora dessa curva. Diretora sênior da operação brasileira do PayPal, uma das maiores empresas de pagamento do mundo, a especialista busca inspirar a chegada de novas líderes no mercado.

“Nós sonhamos com aquilo que a gente enxerga”, explica Paschoal. “Existe a necessidade de políticas que ofereçam essa igualdade de oportunidades, e uma que eu gosto de usar bastante como exemplo é a questão de salários iguais. Isso parece tão básico, mas infelizmente é um fator que exemplifica bem o quanto existe uma grande diferença entre homens e mulheres.”

A executiva ainda destaca que desde 2016 o PayPal paga exatamente os mesmos salários para os funcionários que exercem as mesmas funções. A companhia de tecnologia também possui ‘grupos de afinidade’, focados em dar apoio e promover a inclusão e apoio a funcionários das mais diversas etnias, orientações sexuais e origens. “Acho que a gente vive em um mundo onde se fala muito sobre meritocracia, mas na minha opinião, ela só faz sentido quando a gente tiver igualdade de oportunidades”, afirma ela.

Com mais de 1 milhão de novos usuários brasileiros em 2020, o PayPal busca mostrar que a preocupação com a diversidade não é uma questão puramente social, mas é importante para o sucesso de um negócio. “Não vejo espaço para uma empresa ter sucesso sem ter um olhar muito cuidadoso na questão da diversidade e inclusão, pelo menos não no longo prazo”, diz Paschoal.


Leia a entrevista na íntegra:

E-Investidor – Por que ainda existem poucas mulheres em cargos de liderança?

Paula Paschoal – Estamos mudando, mas ainda, infelizmente, estamos longe do número ideal. No PayPal nós temos uma frase do nosso CEO que eu gosto muito: “A diversidade é um fato, a inclusão é uma escolha”. Essa frase se encaixa muito bem no mercado brasileiro, onde mais de 50% da população é composta por negros e pardos, mais de 53% é composta por mulheres. Então, precisamos ser inclusivos para mudar esse cenário.

Enxergamos, sim, algumas evoluções, e se fala cada vez mais do tema. Inúmeros estudos de consultorias mostram o quanto a diversidade na liderança e nos times traz complementaridade, traz inteligência coletiva, que é um componente tão rico no momento onde a gente depende cada vez mais de estarmos constantemente inovando.

E-Investidor – Qual seria a solução para mudar esse panorama e avançar na participação feminina?

Paschoal – Como é que se muda isso? Uma conscientização nas empresas, na liderança principalmente, e eu vejo que isso vem acontecendo. É um tema que hoje é muito mais falado. Existe a necessidade de políticas que ofereçam essa igualdade de oportunidades, e uma que eu gosto de usar bastante como exemplo é a questão de salários iguais, ou seja, a equidade de salário independentemente do gênero.

No PayPal, desde 2016 nós pagamos exatamente os mesmo salários para as pessoas independente do seu gênero, desde que exerçam as mesmas funções. Isso parece tão básico, mas infelizmente é um fator que exemplifica bem o quanto existe uma grande diferença entre homens e mulheres. No Brasil, segundo um dos últimos estudos do Fórum Econômico Mundial, os salários entre homens e mulheres vai ser igual a partir de 2092. Ainda tem muito tempo, ainda tem uma lacuna a ser cumprida.

E um terceiro fator muito importante aqui no PayPal: temos também com muita prioridade os grupos de afinidade, que são os grupos de mulheres, grupos de inclusão racial, de diversidade sobre diferentes aspectos que fazem com que a comunicação flua. Vivemos em um mundo onde se fala muito sobre meritocracia, e ela, na minha opinião, só faz sentido quando tivermos igualdade de oportunidades. Ela não é justa se as pessoas não partem do mesmo ponto.

E-Investidor – Ainda vemos pessoas falando que seria uma escolha da mulher não participar de cargos de lideranças ou de áreas específicas, como tecnologia. Fazz sentido para você?

Paschoal – Não concordo. Eu diria que nós sonhamos com aquilo que a gente enxerga, a gente sonha com o que a gente vê. Então, reforça a importância de termos cada vez mais uma liderança diversa em empresas de finanças e tecnologia, nos mais diferentes setores, para podermos sim inspirarmos essa nova geração.

E-Investidor – Qual é o seu conselho para as jovens mulheres que sonham em ser grandes executivas, estarem em cargos de liderança?

Paschoal – Encontrem algo que vocês tenham paixão, e essa paixão, o alinhamento de valores e de propósitos ajuda muito. Outro ponto bem prático, é sejam vocais, se comuniquem, façam essa troca, não se deixem abalar pelo primeiro não, a resiliência é um fator cada vez mais relevante no nosso mundo de hoje. Não desistam, o céu é o limite, a gente pode ser o que a gente quiser independente das nossas características pessoais.

E-Investidor – Gostaria de entender se vocês tem outras iniciativas dentro do PayPal, para a promoção da igualdade de gênero?

Paschoal – A gente tem muito forte a questão do engajamento da liderança, como te falei no começo, sem que os líderes deem o exemplo fica muito mais difícil. Então acho que, sem dúvidas, hoje a gente tem 50% do conselho global da empresa formado por mulheres ou minorias étnicas. Mais de 51% dos vice-presidentes do PayPal são diversos, e quando eu incluo diretores executivos acima dessa posição o índice alcança 54%.

Então, sim, sem dúvida o exemplo da liderança é um outro ponto que eu destacaria. Isso é algo que eu faço e tento reforçar muito com os times: no momento de uma contratação sair da zona de conforto, procurar trazer para oportunidades de uma entrevista final, pessoas com formações diferentes, idades diferentes, com gêneros diferentes. Ter esse assunto muito vivo na agenda da liderança também é um ponto que eu destacaria no que tem funcionado dentro do Paypal, que é uma empresa conhecida por sua política de inclusão.

E-Investidor – Na sua visão, o quanto a diversidade e s igualdade são fundamentais para o sucesso de uma empresa?

Paschoal – Absolutamente indispensável. Não vejo espaço para uma empresa ter sucesso sem ter um olhar muito cuidadoso na questão da diversidade e inclusão, pelo menos não no longo prazo.

E-Investidor – Gostaria de saber sobre a sua carreira: já enfrentou dificuldades por ser mulher? E como enfrentou essas dificuldades?

Paschoal – Sem dúvida já enfrentei muitas dificuldades, talvez sem saber na época que isso era pelo fato de eu ser mulher. Fico muito feliz a cada vez que a gente tem a chance de se aprofundar e falar sobre o assunto. E como eu enfrentei? Sendo eu, acho cada vez mais as empresas buscam líderes que sejam autênticos e genuínos, e não que de alguma forma tentem se adaptar a características clássicas de mercado.

E-Investidor – E quais seriam as características clássicas?

Paschoal – Acho que são características mais agressivas, focadas, tem um perfil ali tradicional que hoje vem sendo muito questionado. Se eu puder dar uma dica é que cada uma mantenha sua autenticidade, que pode ser sim muito mais agregador e complementar para as empresas.

E-Investidor – Quais são os maiores desafios do PayPal para 2021?

Paula Paschoal – O que aconteceu neste último ano extremamente atípico, uma pandemia que nem o mais criativo dos cineastas poderia imaginar tamanho impacto, foi um momento de muita aceleração para o digital. O que antes era uma compra online vista como uma escolha ou opção passou a ser algo essencial para as pessoas que têm a opção de ficarem na suas casas e se protegerem.

Foi um ano de muito crescimento, muitas novas lojas e de muitos novos consumidores entrando no mundo digital. Quando eu olho para 2021, vejo um ano onde o grande desafio é nos adaptarmos a esse novo mundo, no qual na área de pagamentos a gente vai, sem dúvidas, ter mais inovações e mais mudanças nos próximos dois, três anos, do que tivemos nos últimos 10 anos.

Mas enxergo isso como um momento excelente, em especial em um mercado como o Brasil, com uma população bastante conectada, hoje temos mais celulares que pessoas, extremamente engajada e com iniciativas bastante concretas para inclusão em serviços financeiros. Olho para frente desta forma: um ano com muitas mudanças ainda e muita inovação pela frente.

E-Investidor – O Paypal conseguiu um milhão de novos usuários brasileiros em 2020. Esse ritmo de crescimento deve continuar?

Paschoal – Sem dúvida a gente trabalha para continuar. Para nós um ponto muito importante é estarmos sempre ao lado dos nossos consumidores. Temos trazido cada vez mais produtos inovadores, tanto para o consumidor como para o vendedor, e um bom exemplo disso é o nosso produto focado em crédito, chamado “Crédito para o seu negócio”, em parceria com a Capitalys, tentando ajudar que esses vendedores tenham cada vez mais fôlego. Nossa expectativa é bastante alta, não só manter o ritmo de crescimento, mas ainda acelerá-lo.

E-Investidor – No ano passado, foi ventilado na mídia que o Banco Central tinha vetado a adesão de algumas empresas ao Pix, e uma delas seria o PayPal. Em alguns casos foi por vontade da própria empresa, outros o veto partiu do Banco Central (BC). Qual foi o caso de vocês?

Paschoal – Não foi o caso do PayPal, o PayPal não foi vetado pelo BC de maneira alguma. PayPal está comprometido com a segurança e a conveniência dos seus mais de 5 milhões de clientes ativos no Brasil e prioriza o consentimento desses clientes para compartilhar seus dados financeiros com outros players do mercado, conforme previsto pelo Pix.

Alinhado a esse cenário, o PayPal vem trabalhando junto ao BC para em breve oferecer o Pix para os clientes com o padrão de segurança dos produtos e serviços do PayPal ao redor do mundo.

E-Investidor – Então, o PayPal está se preparando para aderir ao Pix?

Paschoal – Sim, a gente vem se adequando para oferecer o Pix aos nossos clientes com o padrão de segurança que os nossos produtos oferecem ao redor do mundo.

Vimos nos últimos anos um movimento muito ativo por parte do BC, pró competição, pró inovação e o Pix é um excelente exemplo. E o PayPal apoia sim esse mercado mais inovador, mais competitivo. A gente enxerga com ótimos olhos a chegada de novos players e toda a disrupção prevista nesse segmento, com toda segurança possível.

E-Investidor – Gostaria de saber como o PayPal enxerga o Open Banking?

Paschoal – Tudo que vem para trazer valor agregado, trazer opção aos nossos clientes é visto com muitos bons olhos e com o Open Banking isso não será diferente.

Assine nossa Newsletter

    Logo +Unidos
    Youtube Flickr Linkedin Facebook ...