• Português
  • English

SOLUÇÕES DE ACESSO E TRATAMENTO DE ÁGUA IRÃO BENEFICIAR O NORTE E NORDESTE



[et_pb_section bb_built=”1″ background_color=”#e6e6e6″ custom_padding=”108px|0px|9px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_row _builder_version=”3.0.47″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” custom_padding=”23.1094px|0px|16px|0px”][et_pb_column type=”3_4″][et_pb_post_title categories=”off” comments=”off” _builder_version=”3.0.65″ title_font=”|on|||” title_font_size=”27px” title_font_size_phone=”27px” title_font_size_last_edited=”on|phone” title_text_color=”#132c66″ /][et_pb_text _builder_version=”3.0.71″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” background_layout=”light” text_orientation=”left” text_font_size_tablet=”51″ text_line_height_tablet=”2″ header_font_size_tablet=”51″ header_line_height_tablet=”2″ border_style=”solid”]

Seis projetos pilotos com soluções inovadoras para o acesso e tratamento de água em comunidades de baixa renda no Norte e Nordeste foram selecionados pelo Instituto Coca-Cola Brasil e os parceiros da aliança Água+ Acesso.

Eles serão implementados até o fim de outubro em sete comunidades dos Estados do Ceará, Pará e Amazonas, com investimento total de R$ 600 mil e irão beneficiar diretamente cerca de 800 famílias.

Ao todo, foram inscritas 114 soluções por universidades, empresas, inovadores, startups e desenvolvedores de soluções, com respostas para desafios como o tratamento de água salobra, o acesso à energia para bombeamento de água em comunidades isoladas ou soluções de saneamento unifamiliares.

A escolha foi feita por um júri técnico de 14 especialistas do tema no país.

“Estabelecer esse diálogo entre diversos setores da sociedade é a melhor forma de avançarmos no acesso à água no país”, diz Marcia Barbosa, diretora do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e especialista em dessalinização de água.

O primeiro piloto do programa Água+ Acesso está em fase de testes desde março na comunidade de Coqueiro no município de Caucaia (CE).

Na localidade com 150 famílias está sendo usada uma tecnologia de gás ozônio para purificar a água. O equipamento trata três mil litros de água por hora, elimina contaminantes orgânicos e oxida metais pesados comumente encontrados no semiárido brasileiro.

Fonte: folha.uol.com.br

[/et_pb_text][et_pb_post_nav _builder_version=”3.0.65″ title_text_color=”#132c66″ /][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_4″][et_pb_sidebar area=”sidebar-1″ _builder_version=”3.0.65″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ background_color=”#e6e6e6″ custom_padding=”12px|0px|0px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_row custom_padding=”10px|0px|0px|0px” _builder_version=”3.0.65″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_comments _builder_version=”3.0.65″ custom_button=”on” button_border_width=”1px” button_border_radius=”0px” button_on_hover=”off” button_border_color_hover=”#132c66″ /][et_pb_divider color=”#132c66″ show_divider=”on” divider_style=”solid” divider_position=”bottom” divider_weight=”1px” _builder_version=”3.0.64″ global_module=”5886″ saved_tabs=”all” /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Assine nossa Newsletter

    Logo +Unidos
    Youtube Flickr Linkedin Facebook ...