• Português
  • English

TRENCH ROSSI WATANABE CONQUISTA MELHOR COLOCAÇÃO NO GUIA EXAME DE DIVERSIDADE



O escritório de advocacia Trench Rossi Watanabe conquista, pelo segundo ano consecutivo, a melhor colocação no “Guia Exame de Diversidade”, dessa vez na categoria “Melhor Empresa em Serviços Jurídicos”. No ano anterior, o reconhecimento foi na categoria “Pequenas e Médias Empresas (PME)”, concorrendo ao lado de companhias de atividades diversas. Com isso, o escritório destaca-se novamente pela sua atuação contínua em ações de diversidade e inclusão, que envolvem pautas étnicos-raciais, gênero, LGBTI+, PCDs e tolerância religiosa, além da manutenção de comitês com foco em voluntariado, trabalhos pro bono e BGreen, voltado à responsabilidade ambiental.

O Guia lista as 52 empresas que apresentaram melhor desempenho por setor e por categoria (étnico-racial, mulheres, LGBTI+ e PCD) a partir de uma pesquisa qualitativa e quantitativa realizada em parceria com o Instituto Ethos.

Segundo Anna Mello, sócia e líder do Comitê de Diversidade e Inclusão da banca, este reconhecimento representa a validação do trabalho e o empenho do escritório na construção de uma sociedade mais justa e igualitária. “Em nosso escritório já temos esses valores de forma muito arraigada, com os nossos comitês de afinidade, e somos referência até para os nossos clientes nesse quesito, seja prestando consultorias a eles, seja os trazendo para eventos para trocarmos experiências. Porém, o nosso papel responsável como uma empresa com nossos valores é devolver esses benefícios de alguma forma à comunidade”.

Ainda de acordo com Anna, “isso se reverteu, por exemplo, em campanhas como a ‘Combate em Todas as Frentes’, que teve como foco não apenas abastecer nossos clientes de informações a respeito de mudanças legislativas em tempos de pandemia, mas também mobilizar todo o nosso time a se envolver em causas sociais e de apoio às vítimas da Covid-19 e comunidades menos favorecidas. Reconhecimentos como o trazido pelo Guia de Diversidade e Inclusão pelo segundo ano consecutivo apenas prova a repercussão de nossos atos e que estamos segundo o caminho certo”.

Vale lembrar que, ainda neste ano, o escritório recebeu o “Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade”, oferecido pela Prefeitura de São Paulo, reforçando o seu compromisso com o tema e consolidando-se, assim, como uma das principais bancas do país nas práticas de diversidade e inclusão.

A sócia explica que o fortalecimento de uma cultura organizacional responsável é uma das ferramentas principais para engajar a equipe em trabalhos voluntários. “Em mais de 60 anos de atuação de nosso escritório no mercado brasileiro, o Trench Rossi Watanabe sempre teve uma veia muito humanizada e conectada a questões sociais, o que facilita que tenhamos em nosso ambiente um diálogo aberto e apoiado por diversos grupos da firma. Acreditamos que o dinamismo que oferecemos informações a respeito de pautas importantes, seja com campanhas, eventos ou comunicações diversas, auxilia neste engajamento, tornando essa movimentação bastante natural”.

Atualmente o maior desafio encontrado pelo escritório está concentrado nos comitês de etnia. “Buscamos trazer mais profissionais negros para o escritório, além de fornecer apoio a imigrantes por meio de trabalhos de responsabilidade social corporativa. Entendemos que isso não é apenas uma questão para o nosso escritório, mas um ponto de atenção para todo o mercado jurídico, onde notamos um esforço coletivo para a criação de novas oportunidades e a tentativa de reparação de erros históricos. Por essa razão estamos no projeto Incluir Direito, uma associação de diversos escritórios, liderada pelo CESA, com foco total nessa questão, além da Aliança Jurídica pela Equidade Racial, iniciativa que tem o objetivo de promover a inclusão e a equidade raciais, de profissionais negros e negras, nos escritórios de advocacia e mercado jurídico”, finaliza.

Fonte: Migalhas.

Assine nossa Newsletter

Logo +Unidos
Youtube Flickr Linkedin Facebook ...